Namorando outra casado

Tô casado Namorando Tô solteiro. Eu tô casado, namorando, solteiro Casado, namorando, solteiro Se perguntar por mim, não me viu Tenho três estado civil. Tô casado, namorando, solteiro Casado, namorando, solteiro Se perguntar por mim, não me viu. Casado e tenho uma namorada Namorada não sabe que eu sou casado (Eu sou casado) O problema é que eu sou baladeiro Quando eu saio, eu falo que ... Olha.amorzinha, eu também namorou um homem casado.mas eu já sabia desde o inicio.e te digo do fundo do coração.sai fora, esse relacionamento não tenho futuro. Eu namorei e estava inocente.toda mulher quer casar, ter família, e então você merece o melhor.então não seja a outra. BIOS fofos.. Veja a letra e ouça a música Casado, Namorando, Solteiro de Wesley Safadão no portal SUAS LETRAS Como Lidar com um Namorado Casado. Entrar em um relacionamento com um homem casado pode parecer atraente para algumas mulheres. No entanto, também pode ser uma experiência muito difícil e dolorosa. Há muitas razões para explicar porque uma ... marido namorando outra ... Quando um jovem e individuais sonhos mulher sobre si mesma como uma noiva, pronta para ser casado, mas sentir desconfortável, poderia significar que em breve haverá futuras situações desagradáveis em seu amor e as relações familiares. Intro: Am G Am Sou casado e tenho uma namorada G Namorada não sabe que eu sou casado Eu sou casado Am O problema é que eu sou baladeiro G Quando eu saio eu falo que eu to solteiro Eu to solteiro Dm Eu coloco aliança no bolso Eu desligo o meu celular Am Falo que tô na casa da mãe E que ela pode confirma F E Não liga que é pra não incomodar Am Eu to casado, namorando, solteiro Dm Se ... Muitos casamentos não dão certo por inúmeras razões. Desde se casar muito cedo e não ter tempo para aprender um com o outro até viver com um viciado em trabalho que nunca está em casa, é um desafio manter um casamento bem-sucedido. Quando um homem casado estiver se apaixonando por outra pessoa, pode ser porque ele ...

A maldição da demissexualidade

2020.09.09 22:17 BanselSavant A maldição da demissexualidade

Edit: a "namorada" me chutou. A gente ia se encontrar na segunda, adiou, na semana que vem, agora nunca. Depois n querem meu psicológico fodido. Me dispensou pois pretende se mudar pro nordeste e facilitei isso com umas informações que n tinha. Sucesso pra ela, enquanto eu continuo na merda. Nada muda E a outra lá eu chutei. Sanguessuga malvada
Acho que é óbvio o paradoxo, mas quero discutir. Sim, por causa da pornografia, um monte de fetiches e invejas me surgiram, como pegar em festa, ou em público, ou em situações específicas, etc, mas n sei se conseguiria fazer de fato. Sou um fracasso na vida, logo na sexual também. Todo sexo q tive foi pagando e o que foi "na amizade" mesmo pagando foi o único q gostei, justamente pela amizade, pela conexão, pelo gostar da mina. Posso ficar duraço com uma mina que vejo na rua, mas obviamente n poderia chegar ou tentar algo. Essas histórinhas de rolar com desconhecidos deve ser meme ou com sortudo, como uma que a ex (diaba muito diaba) me contou. Conversaram um pouco na piscina do hotel e foram e fizeram no banheiro. Queria muito saber como ele convenceu ela a isso, como ela n se arrepende e tal (n q deva ter motivo de arrependimento. Quero q ela se exploda), como rola essa conexão. Parece q existe palavra mágica. Invejo esses caras q conseguem boquete aleatório de desconhecida, etc. Roteiro de pornô, mas da uma depre pq existe na realidade e queria q rolasse comigo. Diversas vezes fiquei atraído e seria tão massa se rolasse, sem machismo, sem estupro, sem forçação, sem mimimi, só tesão, dois corpos se pegando. Obviamente acho q n sou atraente. Sou estranho, alto, magrelo, desvio os olhos, etc. (Tou melhorando, mas longe de ser um garanhão) Mas convenhamos q muitos feios pegam, que muitas minas só querem o pau e tão nem aí se o cara é casado, santo ou bate na mãe. Muitas tem seu tesão e queria topar com uma que só rolasse e tal. Seria tão massa. Maaaaas eu conseguiria? O pau continuaria duro? Conseguiríamos um posição confortável? São tantas dúvidas e pensamentos q quase piro. Por outro lado, quero a minha gata, passear pelo corpo dela, endeusá-la, ajudá-la a sentir todo prazer possível. Eu sou romântico. Mas parece que romantismo afasta as mulheres. Qual o problema de meter até o talo sim, num banheiro sujo qualquer, mas com carinho? N gosto mesmo da ideia de objetificar, por mais q tenha meus fetiches de dominação. Dominação é objetificar? O que difere uma mina que gosta de ser chamada de puta do cara que chama ela de puta? Ela é um lixo? Ele é um lixo machista? Acho que notaram q tenho dúvidas sobre pessoas em geral. Gostaria de entender, como lidar com as pessoas, como reconhecer que uma mina tá a fim... É meme aquela história (isso é exemplo) do caminhoneiro que mostrou o pau pra filha do dono do posto de gasolina, incentivou ela a entrar na cabine do caminhão, tocar nele, chupar ele, ele depois mandar ela se limpar e n dizer nada a ninguém e ainda ela ainda ter gostado de tudo isso? N que eu queira mostrar o pau por ai, mas já vi tanta história de cara exibicionista que despertou tesão na mina e comeu ela. Ou é tudo meme? Ou acontece mesmo, principalmente nesses interiores de fazenda, região rural e menos urbana ("menos civilizada")? Pessoal, são dúvidas sinceras. Meio que tou namorando agora e tou sem saber lidar com ela. N gooooosto dela, mas n quero perder ela. Eu sei que pareço um canalha que vai usar ela e depois abandonar, mas realmente n quero isso. Se for para deixar ela, ela vai continuar virgem, pq n vou me aproveitar. Já cometi uns erros na vida e minha disciplina está intacta, meu senso de moral engrossou. N é divertido machucar coração. N é divertido fazer mal a alguém. Mas já vi tanta história de casais q de comum acordo desvirginaram, mas n ficaram naquela de ficarem juntos para sempre. Já vi tanta história de nego q comeu e abandonou e a mina continua a vida como se nada tivesse acontecido, n sente raiva dele e tal. Deliberadamente eu casaria sem hesitar com umas meninas específicas, mas n essa "namorada". Moramos perto, mas ainda n nos vimos pessoalmente. Quando acontecer, vou poder estourar ela de beijos (devo, por palavra dela), mas nem pensar muito em algo sexual. Okay dela n daaar no primeiro encontro. Compreensível, mas em algum momento vai rolar. Acho q sinto um medo de ficar preso a ela. Sou muito sentimental e sabem a ex diaba q citei? Diaba pq ela casou e ainda me contata. E ela é de outro estado e nunca nos vimos pessoalmente. Ela me persegue, acho q esperando q eu mande ela tomar no cu e bloqueie. Mas n sou de fazer isso. Tenho raiva dela, mas se eu externar, meu coração q vai sentir e n vou ter um piripaque por causa dela. Mas é notável q ainda sou um pouco preso a ela. N no sentido amoroso ou sexual (quero que ela se exploda²), mas n consigo levantar o dedo para dar fim de vez a esse contato. Sinto q eu perderia algo. Sabem a história dela com o cara na piscina? Consegui arrancar dela indagando sobre tesão feminino, oq no homem atrai a mulher e tal, pois já que ela é mulher experiente e eu preciso de respostas, resolvi tentar aprender um pouco, tirar algum proveito dela, depois dela brincar tanto comigo. Gente, o que eu faço? Tou certo em algo? Tou errado em algo? Em q? Oq faço? N quero machucar ninguém e com essa postura acabei bem machucado pelos anos ae (antes e depois de eu ter cometido os uns erros que citei)
submitted by BanselSavant to sexualidade [link] [comments]


2020.08.12 16:20 saske2k20 As pessoas superestimam os relacionamentos amorosos

Eu estava na internet e vi duas situações bem corriqueiras que me chamaram a atenção: os hábitos que as pessoas tem de tentarem ofender as outras por estarem solteiras.
Estar solteiro ou namorando tem lados bons e ruins, tudo depende do momento de vida da pessoa ou mesmo da própria pessoa. Mas existe uma ideia de que a pessoa estar numa relação é como se seu valor social fosse maior.
Talvez por isso tantas pessoas continuam em relações de merda, mentem, traem, tentam manter a fachada por conta do medo ficarem sozinhas e talvez inconscientemente por esse "valor social".
Nos meios mais tradicionais isso é ainda pior, eu até brinco que se eu chegar no meu interior falando que tô casado e com filhos teria mais valor do que eu dizer que montei uma empresa de milhões de dólares e gera emprego para várias famílias.
Sobre o título : já estive numa relação bem longa,foi boa em vários aspectos e negativos em outros, não foi como se eu tivesse atingido o Nirvana e mesmo assim a maturidade e aprendizados vieram mais dos aspectos negativos que positivos, que inclusive contribuem para que no momento atual eu dê preferência a solteirice.
submitted by saske2k20 to desabafos [link] [comments]


2020.07.28 16:35 OmikePepino Como fui de um Nice guy para um cara realmente legal. Kkkkkk

(para auxiliar na voz, eu sou um homem baixo de 25 anos) kk Oi, Luva, Editouros, gostosos e gostosas que estão acompanhando. Eu gostaria de contar a história de como eu fui um nice guy do qual tenho vergonha e ter sido. A história é grande mas eu juro que o "final" É a melhor parte
Em meados de julho de 2017 eu fazia uso do app do foguinho vulgo "chindler". Fazendo uso do app, eu dei match com uma garota gostosa e burra do jeito que eu gosto (é meme kk) nós conversamos pelo Tiinder e mesmo antes de nos encontrarmos eu já tive meu momento draminha em um assunto meio delicado. Eu sou tatuador, mas na época era apenas um aprendiz sem tatuagens visíveis. Certo dia falei pra ela que tinha intenção de fazer tatuagem na mão por que achava bonito (hoje tenho). Ela disse "se você fizer acho que eu não teria coragem de ficar com você". Não compreendi a motivação dela de dizer isso e disparei "Não vai ser agora que vou me privar de algo que eu gosto. Fui criado por uma família religiosa e já fui privado de uma infância e também de uma juventude saudável, não será agora que eu ou arrumar mais correntes pra me brecarem". Sinto que exagerei nesse momento, ela disse que falei de forma rude, chorou e blablabla. Eu, inocente como até hoje sou, me senti extremamente mal por tê-la magoado. Então pedi desculpa nos resolvemos, então marcamos de nos encontrarmos (no mesmo dia em que entrei para um estúdio de tattoo como aprendiz [pior coisa que fiz] kkk). O estúdio sugava minha sanidade de um lado por me fazerem de escravo, e ela do outro por achar que eu era responsável pela felicidade dela. Eu não podia dar presentes pra ela mas ela queria lanche quase sempre mas eu não recebia pra trabalhar no estúdio. Era simpesmente trabalhar e observar pra aprender algo útil. Nesse vai e volta (dependendo da reação do publico a essa história conto o quão agonizante foi pra mim esse "vai e volta" <3), quando era novembro, aniversário dela, eu queria fazer uma surpresa pra ela, peguei um trocado emprestado com meu irmão (50R$) e comprei uma caixa de doces gourmet com minha amiga e dei de presente pra ela. Ela adorou mas nessa altura nosso relacionamento já estava muito desgastado. (Foi no dia do aniversário dela também quase a matei trocando os medicamentos dela acidentalmente mas não assumo toda a culpa por isso mas é história pra outro momento). No mesmo final de semana desse ocorrido, ela quis ir só Outback, e eu, como um cavalheiro que sou, me senti na obrigação de pagar para ela. Peguei 200 reais emprestado com meu pai e a levei (foi Rolê mais humilhante do meu ponto de vista). Foi eu ela e alguns amigos. Um dos amigos dela falou que se mudaria para Portugal e pra encurtar, ela usou isso de pretexto pra dar total atenção pra ele (ficava abraçada com ele na minha frente enquanto eu estava sozinho sem ter assunto com os amigos dela) e me ignorou totalmente. Me senti deslocado e humilhado. Mas assumo total responsabilidade por não ter aceitado antes que não havia mais um relacionamento. Quando íamos embora ela anunciou que iria pra casa de um amigo dela em Suzano (amigo gente boa. Não desconfio que tenha rolado nada entre elas mas na época eu era ciumento e não compreendia) mas foi nesse momento que me caiu a ficha. Eu desisti de tentar, fui seguir minha vida, sai do estúdio pois não tinha mais sanidade pra permanecer. Fui cuidar de mim e esperar a notícia do término. Então, durante uma festa de halloween, eu fui o maquiador da turma. Enquanto eu fazia uma maquiagem que seria a campeã da competição de fantasia, veio a mensagem: "Michael. Quero terminar" Apesar de já saber disso eu fiquei quebrado, não consegui dizer nada além de "a gente pode ao menos conversar pessoalmente?" Ela disse que não queria me ver ainda. Pra eu esperar uma semana que ela viria até mim ou eu iria até lá. Eu estava muito depressivo e tenho anemia crônica. Meu peso normal é 65kg por que sou baixo. Eu estava com 53kg. Mas eu melhorei, voltei a me alimentar, treinar, fiquei saudável, até que no Réveillon eu me autosabotei da pior forma possível. Eu mandei mensagem desejando feliz ano novo pra ela (eu estava sob efeito de droga). Ela foi super gentil, me desejou de volta. Poderia nascer uma linda amizade nesse momento, mas não. Eu pedi pra voltar. Foi o último não que eu recebi antes do pior momento da minha vida. O ano de 2018 começou intenso. Me envolvi com drogas cada vez mais pesadas, cheguei até mesmo a vender. Só assim pra fingir que ela não existia. Porém, em março eu tomei um baque que foi a notícia que ela estava namorando novamente (direito total dela). Eu decidi que iria voltar a ser um bom filho/ irmão. Pagar tudo que peguei emprestado pra tentar fazer ela feliz (Nice guy falando). Arrumei um emprego, voltei pra academia, ia competir em um campeonato de fisiculturismo quando conheci a minha atual namorada. essa minha atual namorada, é a garota mais inteligente que conheço. Ela me dá orgulho por ser quem é. Minha sogra é um anjo na minha vida. Mas em dezembro de 2018 ela teve uma briga com o padrasto dela e veio morar comigo na casa da minha mãe. Ela prometeu que em janeiro ela já estaria procurando por outra casa e foi exatamente o que ela fez. Em fevereiro ela já estava se mudando para própria casa e disse pra mim: "Se você quiser continuar com sua mãe eu vou entender, mas adoraria que viesse comigo". Nesse momento eu estava desempregado pois estava novamente foco total na minha carreira de tatuagem. Por ela me dar total apoio eu aceitei ir morar com ela até por que minha mãe fazia um esforço imensurável para que eu desistisse de ser tatuador. Focado na vida de casado agora também, eu tive problemas. Não conseguia fazer tatuagens por que a senhoria da casa onde eu morava ficava plotando quem eu levava para lá. Um inferno. As coisas começaram dar errado na minha vida novamente (eu sou um cara azarado mesmo, Lubinha). No mês de maio eu perdi totalmente o tesão na vida. Pensava em suicídio e os caraio por que minha vida passou a desandar. Nem mesmo o amor incondicional que minha namorada me oferecia me confortava. Eu já tinha desistido. Meus amigos me chamavam no portão e eu ignorava. Ficava deitado fingindo que não escutava. Minha namorada comprou ingressos para uma convenção de tattoo para me animar. Funcionou muito bem. Eu voltei a desenhar, entrei numa maré de empolgação que não duraria muito. Eu tomaria outro golpe da vida. Minha máquina de tattoo queimou. Eu estava cheio de esperança no marketing digital mas nem isso deu certo pra mim. Minha namorada vinha me dizendo que estava pesado pra ela cuidar das contas sozinha mas eu não consegui fazer nada. Comecei a procurar emprego e adiar novamente meu sonho por um bom motivo. Mas foram 5 meses sem resultados. No mês de novembro nós mudamos para uma casa maior um pouco mais cara mas onde eu poderia ter a liberdade de vender minha arte. Nessa casa eu consegui trabalhar, fiz bastante trabalhos mas ainda assim tudo voltou a dar errado quando o bico que eu fazia no autódromo parou de acontecer por que estávamos em época de chuva. Eu ganhava menos com tattoo no início da carreira do que como controlador de acesso nesse bico. Eu só me fodo. Kkkkk Minha atual disse que queria um tempo pra ela poder organizar a vida dela. Ela basicamente havia desistido de mim, mas também, quem confiaria em mim se nem eu mesmo acreditava mais??? Se eu não arrumasse um emprego não daria mais. Veja bem como a vida é justa. Nesse momento eu arrumei 2 empregos e o dono do estúdio que eu contatei na convenção me chamou para trabalhar com ele. Kkk vida injusta. Eu estava numa sinuca. Meu sonho e meu amor estavam na mesma mesa cada um rolando pra um lado e eu teria que escolher qual eu salvaria de cair. Depois de muito pesar eu decidi seguir meu sonho. Julguem-me. Minha namorada falava palavras duras pra mim, dizendo que estava exausta, que não daria mais. Chegou a dizer que não me amava mais. Eu insisti por 2 semanas mas decidi dar total liberdade pra ela escolher o que queria: "Você escolhe se quer ficar ou se quer ir. Saiba que eu te amo e vou adorar se ficar, mas se for eu vou ficar bem. Não se preocupe" Ela decidiu ficar. Tudo começou dar certo. Era fevereiro e eu pagava o aluguel e sobrava um bom dinheiro pra gente sair final de semana. Aí um chinês resolveu comer um morcego e todos os estúdios/comércios tiveram que fechar. Desandando novamente. Hoje estou tentando retomar minha clientela que se dissipou demais nesse momento, mas ainda não tenho conseguido produzir nem ao menos o necessário para pagar meu aluguel...
A vida vai continuar me dando essas rasteiras. Mas eu vou levantar sempre, de novo e de novo. Se não tá bom eu vou fazer ficar. Agora eu estou total focado em ficar cada vez melhor no meu trampo pra poder ganhar uns troféus e pra dar a vida que essa minha atual merece. Não sei se falei. Minha atual e minha ex se tornaram muito amigas. Somos isentos de ciúme (acho que é o mínimo necessário pra namorar um tatuador) kkkkk
Desculpa pelo histórião Luvinha. Mas eu tenho uma história dessa tanto pros relacionamentos quanto pra vida profissional quanto pra familiar. Kkkkk
Luba. Caso leia. Sugira pro YouTube colocar um botão pra curtir quando em tela cheia. É muito chato ter que minimizar o vídeo pra dar like. Kk
Plot twist. Acabei de terminar com a minha atual ex.
Amo vocês galera. Agora é eu por mim <3
submitted by OmikePepino to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.20 04:53 Conscious-Alps-200 O primo casado

Olá luba, editores, turma e todos que estão à ler, aí vai a minha história de Nice guys para vocês.
Contexto: Ele já vem me incomodando faz um tempo pedindo para sair, até aí tudo bem se eu quisesse né. MAS tem dois detalhes que quero falar, primeiro ele é meu primo, segundo ele é casado e está esperando um filho.
PS: Nunca dei moral para ele, falo extremamente pouco com ele, porque a mulher tem ciúmes de tudo e todos e ela não gosta de mim e da minha outra prima por achar que vamos roubar ele dela porque na cabeça dela somos muito lindas e ele vai vir atrás e vamos querer ele na hora hahahahahaha
Aí vai a conversa, começou assim mesmo.
Eu só curti o que ele mandou, não respondi
Depois disso nunca mais respondi.
submitted by Conscious-Alps-200 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.23 22:37 jujuoshi Dormi na casa da amante do meu pai e não contei nada pra minha mãe, sou babaca por isso?

Ola pessoas, espero que me ajudem! enfim, meu pai ele é muito cuzao, traiu minha mãe muitas vezes ao longo dos 20 anos de casados, inclusive quando eu era menor eu fiquei com certo trauma das brigas e discussões sobre isso que eu chorava toda as vezes que eles discutiam. Então em 2019, minha mãe comentava com a minha irma mais velha, que achava que meu pai tava estranho e distante. Então eu decidi perguntar diretamente pra ele, porque ele tinha me prometido que jamais faria mal pra nós, traindo a nossa família, no caso. Ele tava viajando e falamos por celular mesmo, e ele disse que tava tudo bem e que não havia nada. Logo no meio de 2019, ele foi me buscar um dia no meio da aula, tipo do nada ele apareceu lá e me tirou da aula. Me levou para dar uma volta de carro com ele e foi então que ele me contou que andava “namorando” uma mulher, sendo que isso foi logo depois dele negar tudo pra mim! Eu fiquei um pouco chocada mas eu meio que quis bancar a agente duplo e descobrir mais, tipo saber mais e ser amiga dele. Ele disse que ele ia se separar da minha mãe ( pela 4 vez) Kk enfim, ele disse que amava aquela mulher que ele estava, me mostrou foto. E no mesmo dia ele veio e dormir em casa, como se nada tivesse acontecido. Eu fiquei com muito medo de ver minha mãe sofrer, então como ele disse que ia fazer as coisas da maneira certa, eu deixei rolar e fingi que não aconteceu.
Já era dezembro de 2019 e a relação dos dois só piorava e minha mãe já havia desconfiado que ele tinha outra pessoa na vida dele, mas ela preferiu tentar conversar e descobrir por ele. Ele tava muito estranho parecia odiar a família dele, na virada ele queria dormir em vez de ficar conosco. Ele tava bem estranho mesmo. Mas eles não tinham se separado ainda.
Foi então que ele queria que eu conhecesse a tal amante dele, pq ela disse que queria me conhece que eu era uma pessoa muito boa, encheu minha bola sem nem me conhecer. Bem estranho. Eu com medo de dizer não pro meu pai, acabei aceitando que ela me chamasse no WhatsApp para conversar, só que eu achei que não seria nada demais, e meu pai saia pra ir na casa dela e eu sabia e não contava nada pra minha mãe.
Teve um dia que eu tava mal e eu geralmente tenho dificuldade de falar com q minha mãe sobre as coisas da adolescência, não consigo ser aberta com ela como sou com meu pai. Então essa mulher acabou me ajudando em alguns assuntos e eu até gostei dela, mas rapidamente me senti muito mal, parecia que eu tava traindo minha mãe junto. Foi quando eu falei pro meu pai dar um basta nisso, e ele acabou sendo rude comigo.
Então no próximo final de semana, eu e meu pai íamos ficar sozinhos em casa, e do nada eu começo a passar mal ( eu tenho o cóccix quebrado e as vezes dói muito que eu passo mal) então eu queria ir em um médico sei lá, eu tava em panico. E então ele me disse que ia me levar para a casa da amante dele, pq tinha um hospital perto. Eu fiquei desesperada, mas aceitei pq a dor estava insuportável. Ele me levou lá e eu acabei dormindo lá e meu pai também. No outro dia eu me senti tão mal por aquilo q eu fiz mas eu precisava manter em segredo, minha mãe NUNCA me perdoaria. Nunca mesmo. Então eu deixei quieto e até agora minha mãe não fazia ideia de que existia outra mulher na jogada, so eu.
Agora em 2020, ele ficou sabendo da mulher e está ainda com meu pai, e eu pedi pra ele voltar pra família pq eu não quero que ele fique com aquela mulher, até pq ela foi errada em aceitar um caso com homem casado. Só que minha mãe está indo cada vez mais fundo, e eu acabei ajudando ela em muitas coisas ( mas nunca mencionei nada sobre eu ter dormido e falado com a mulher), e agora ela parece estar cada vez mais próxima de descobrir... eu fui a babaca por não contar pra ela sobre a traição e sobre eu ter dormido na casa da amante dele? Por favor me ajudem, estou nesse impasse faz meses e tenho medo da reação da minha mãe! Me aconselhem kkkkk realmente não posso contar pra “Ninguem”, então I need help
submitted by jujuoshi to desabafos [link] [comments]


2020.06.23 17:44 jujuoshi Dormi na casa da amante do meu pai e nunca contei pra minha mãe, sou babaca por isso?

Ola lubinha, editores e pipipi kkkk enfim, meu pai ele é muito cuzao, traiu minha mãe muitas vezes ao longo dos 20 anos de casados, inclusive quando eu era menor eu fiquei com certo trauma das brigas e discussões sobre isso que eu chorava toda as vezes que eles discutiam. Então em 2019, minha mãe comentava com a minha irma mais velha, que achava que meu pai tava estranho e distante. Então eu decidi perguntar diretamente pra ele, porque ele tinha me prometido que jamais faria mal pra nós, traindo a nossa família, no caso. Ele tava viajando e falamos por celular mesmo, e ele disse que tava tudo bem e que não havia nada. Logo no meio de 2019, ele foi me buscar um dia no meio da aula, tipo do nada ele apareceu lá e me tirou da aula. Me levou para dar uma volta de carro com ele e foi então que ele me contou que andava “namorando” uma mulher, sendo que isso foi logo depois dele negar tudo pra mim! Eu fiquei um pouco chocada mas eu meio que quis bancar a agente duplo e descobrir mais, tipo saber mais e ser amiga dele. Ele disse que ele ia se separar da minha mãe ( pela 4 vez) Kk enfim, ele disse que amava aquela mulher que ele estava, me mostrou foto. E no mesmo dia ele veio e dormir em casa, como se nada tivesse acontecido. Eu fiquei com muito medo de ver minha mãe sofrer, então como ele disse que ia fazer as coisas da maneira certa, eu deixei rolar e fingi que não aconteceu.
Já era dezembro de 2019 e a relação dos dois só piorava e minha mãe já havia desconfiado que ele tinha outra pessoa na vida dele, mas ela preferiu tentar conversar e descobrir por ele. Ele tava muito estranho parecia odiar a família dele, na virada ele queria dormir em vez de ficar conosco. Ele tava bem estranho mesmo. Mas eles não tinham se separado ainda.
Foi então que ele queria que eu conhecesse a tal amante dele, pq ela disse que queria me conhece que eu era uma pessoa muito boa, encheu minha bola sem nem me conhecer. Bem estranho. Eu com medo de dizer não pro meu pai, acabei aceitando que ela me chamasse no WhatsApp para conversar, só que eu achei que não seria nada demais, e meu pai saia pra ir na casa dela e eu sabia e não contava nada pra minha mãe.
Teve um dia que eu tava mal e eu geralmente tenho dificuldade de falar com q minha mãe sobre as coisas da adolescência, não consigo ser aberta com ela como sou com meu pai. Então essa mulher acabou me ajudando em alguns assuntos e eu até gostei dela, mas rapidamente me senti muito mal, parecia que eu tava traindo minha mãe junto. Foi quando eu falei pro meu pai dar um basta nisso, e ele acabou sendo rude comigo.
Então no próximo final de semana, eu e meu pai íamos ficar sozinhos em casa, e do nada eu começo a passar mal ( eu tenho o cóccix quebrado e as vezes dói muito que eu passo mal) então eu queria ir em um médico sei lá, eu tava em panico. E então ele me disse que ia me levar para a casa da amante dele, pq tinha um hospital perto. Eu fiquei desesperada, mas aceitei pq a dor estava insuportável. Ele me levou lá e eu acabei dormindo lá e meu pai também. No outro dia eu me senti tão mal por aquilo q eu fiz mas eu precisava manter em segredo, minha mãe NUNCA me perdoaria. Nunca mesmo. Então eu deixei quieto e até agora minha mãe não fazia ideia de que existia outra mulher na jogada, so eu.
Agora em 2020, ele ficou sabendo da mulher e está ainda com meu pai, e eu pedi pra ele voltar pra família pq eu não quero que ele fique com aquela mulher, até pq ela foi errada em aceitar um caso com homem casado. Só que minha mãe está indo cada vez mais fundo, e eu acabei ajudando ela em muitas coisas ( mas nunca mencionei nada sobre eu ter dormido e falado com a mulher), e agora ela parece estar cada vez mais próxima de descobrir... eu fui a babaca por não contar pra ela sobre a traição e sobre eu ter dormido na casa da amante dele? Por favor me ajudem, estou nesse impasse faz meses e tenho medo da reação da minha mãe! Me aconselhem kkkkk realmente não posso contar pra “Ninguem”, então I need help
submitted by jujuoshi to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.21 02:10 thoommaaron Vc me conhece a anos e vai em trocar Assim ? .. Eu fui o Babaca ?


Olá lubaa, editores, gatas e turmas que está a ver...(Sou nordestino tia carsminha)Title : Vc me conhece a anos e esta me trocando por alguém que conhece a meses...Essa é uma mistura de Nice guy tbm, Então sou Thomas Aaron Tenho 21 anos moro em Salvador BA, eu sou uma pessoa carismática então conheço muitas pessoas por jogos online e na vida real tbm, eu conheço a pessoa a 10 anos amigos de infância vamos chamar ele Carls, A 4 anos atras chamei Carls para jogar online comigo um joguinho online LOL ,sendo como sou chamei ele para jogar apresentei pessoas para jogar com agente ele as conhece-las tbm . o tempo passou e eu reduzi meu tempo de jogatina pois sou pai e eu não moro com meus pais e el conheceu pessoas novas e ele me apresentou duas pessoas que a Darls e a Farls duas ótimas pessoas que falam comigo sempre o Carls ele tem um ego imenso por achar ser melhor que todos mais esforçado quando quer provar para alguém que ele é melhor e quando ele vê que não tem como ele desiste e descarta as objeções e objetivos eu me tornei amigo da Darls e da Farls jogando com essas pessoas com frequência !! e um dia de domingo eu decidi entrar para jogar e a Darls me chama com ele o Carls na sala para jogar ,e ele estava la e pouco segundos depois saiu alegando para ela que não ia jogar mas e ela sendo minha amiga falou que eles estava "Namorando" eu parabenizei e dei dicas pois conhecia o Carls a 12 anos... jogamos horas passou ela saiu e ele me chamou para jogar e ele e a Farls entrei falei com eles e jogamos, pouco tempo ele saiu para comer ea Farls falou que estava namorando com o Carls e eu pensei (como assim ele não esta namorando a Darls) como pode isso ... eu sendo muito amigo da Darls pensei falo com ela ou deixo quieto, deitei com minha esposa e Perguntei se deveria contar minha esposa falou que sim pois ninguém deveria passar por isso pois não é legal e fomos dormir..
No dia Seguinte: quando acordei eu estava e folga e entrei no discorde onde tinha 45 mensagem da Darls falando que tinha descobrido da farls e ela tava P*@$ da vida por ser engana ela descobriu que ele pediu as duas em namoro no mesmo dia e que ele não tinha nem trocado o contesto da frase e que tinha usado as mesmas palavras !!! ele tinha dois grupos diferentes onde jogava falando com uma e no outro para falar com a outra para não descobrir nessa situação eu aconselhei ela conversar com ele pois jogava com ambos e conhecia ele a mais tempo então só falei para ela
- Fala com ele conversa quem sabe vcs se entendam e fiquem amigos pelo menos !!
Ela se negou de falar com ele, eu entendia claro ela estava irritada e fui falar com ele sobre, ele nervoso por saber que eu sabia falou não fala com essa maluca não essa mulher é doida maluca ela acha que eu tinha algo com ela mais nunca pedi nada para ela ... eu estranhei a maneira dele falar pq ele tava nervoso e fui ate o chat falar com a Farls ela falou sobre a mesma coisa que ele era uma canalha filha da P*@% que ela não queria mais saber dele eu fui falar com o carls Sobre mais ele não argumentava e só falou que elas eram doidas que ele não pediu para namorar ninguém Então fui falar com a Darls ela me explicou e me mando ou print da Farls (Obs:isso aconteceu no ano passado e não tenho mais os prints pq para min era irrelevante mante-los no meu celularmais vou digitar em sequencia oque tinha nas mensagem vou digitar uma vez pq tinha a mesma coisa para Farls e a Darls).Mensagens :
- Carls : Serio eu te amo
- quero vc comigo para sempre
- Dars e Fars : ai que fofo tbm te amo <3 <3 <3 carinha com bucheca vermelha
- Cars : quer namorar comigo ? gosto muito de vc !
-Darls e Farls : sim Quero tbm gosto muito de vc !!!
Desfecho dramático: Eu vendo toda essa situação fui falar co m a farls e ela me mandou os mesmos prints e claramente afirmava que ele estava engando as duas, eu fui falar com ele falando que era uma sacanagem que não tinha necessidade dele estar fazendo pois as duas garotas tinham sentimentos ai ele disse.
- Carls: Então vc vai proteger elas que se conhece a pouco tempo e eu que sou seu amigo a 12 anos vai desprezar.
- Eu : Cara vou sim pq isso não se faz com ninguém ... isso é desprezível.
-Carls: vc quer ficar com elas né só pode ...sempre assim querendo me passar para traz querendo roubar minhas namoradas !! e ainda se diz meu amigo
(Obs : anos atras quando tinhas uns 5 anos de amizade ele namoro uma menina que tinha problemas com a família e se alto mutilava... ele planejava ficar com outra garota na escola tudo escondido ela me perguntou sobre tal ação e confirmei pq fiquei com medo fazer lago como tal pior ela tentou se matar por isso passou u mt empo no hospital depois ele terminou falando que ela era maluca e ela fou que não queria mais ele)Na epoca fiz oque achei certo não poderia deixar ela ser feito de besta daquela maneira.
Eu afirmei logo depois. - Cara deixa de ser idiota sou casado e tenho uma filha não estragaria meu casamento assim .. não que ficar Com "Suas Namoradas" isso é errado e repudiante mulher nenhuma vai querer vc sabendo dessas ações infantis sua
Ele sem algum argumento plausível disse. - vc é uma merda vcs 3 se merecem vcs são burros e troxas . (Claramente um nice guy)
logo apos isso ele foi falar com as minas sobre o ocorrido de 5 anos atras falando que eu queria roubar a namorada a farls mesmo eu não me metendo tanto me bloqueou do Discord e do LOL
a Darls ja sabia sobre isso e conhecia meu irmão que explico como foi a historia e continua falando comigo normal.
Segundo Desfecho dramático: Logo apos isso eu bloqueei o Carls de tudo que era rede social possível e a Darls me chamou para jogar e ai conheci a Tarls A terceira namorada dele que ele pediu em namoro do mesmo jeito sem nem troca as palavras ... a Darls me pediu ajuda para contar e eu e contei a menina ficou [email protected]*& da vida ele entrou na conta dela do discord para me falar algumas coisas mais falei para ele ir chorar no colo da mamãe para ele deixar de ser um garoto nojento e para não me procurar mais .... Eu fui o babaca em me meter defendendo a Darls ea Farls por essa atitude dele ?? ............. Fica minha historia incrível ai luba E editores e a turma toda que esta a ver ! deixem ai oque vcs acham !!! fu i realmente o babaca Bjss Flww
submitted by thoommaaron to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.07 03:08 BethNina 3 Triângulos Amorosos

Oi, gente linda do canal! (Ah, não, pera)
Galera, essa história é bem longa e começou há uns 2 anos (é. Não acabou ainda, mas nós vamos chegar lá).
Então, era um momento lindo da vida em que nós ainda podíamos sair de casa. Eu estava solteira há bastante tempo e meu hobby era usar o Tinder para conversar com as pessoas e, quem sabe, encontrar alguém legal pra amarrar meu jegue.
Match vai, match vem, acabei conhecendo não só uma, como DUAS mulheres que eu achei maravilhosas. Além de lindas e o papo era beeem massa. Vamos chamar uma de Carls e a outra de Larls.
Como a solteirisse é terra de ninguém, acabei saindo com as duas.
O detalhe: a Carls é CASADA com um HOMEM 15 anos mais velho. E a Larls estava envolvida também com um HOMEM (casado e também muitos anos mais velho, diga-se de passagem tb).
A Carls tentava me convencer de sair com ela e o marido. Só que eu não estava nessa onda, e falei que se ela quisesse sair comigo, ok. Senão, seriamos só amigas mesmo.
Enquanto isso, eu saía com a Larls e a gente se divertia bastante. E eu fui bem clara com as duas que eu não era exclusiva. Cada uma sabia da outra. E tava tudo ok.
A Larls cozinhava para mim, ia comigo ao cinema, e era realmente bacana. Só que as duas ficavam com muito ciúmes uma da outra (não julgo, pq eu também tinha ciúmes das duas com os caras). Inclusive, ela tinha ido até o hospital me levar comida quando eu tive uma crise de enxaqueca. Ela acabou conhecendo meu pai, minha mãe e meu irmão naquele dia.
Já a Carls me levava para almoçar e talz, só que sempre às escondidas, super rápido, coisa de no máximo de 1h a gente se vendo. Ela ficava sempre bastante nervosa perto de mim, sempre olhando para os lados e analisando ao redor. Foi aí que eu descobri que o marido dela foi diagnosticado clinicamente como PSICOPATA. E, adivinhem: ela tem porte de arma. E ela tem uma arma em casa!
Passou 1 mês e a Larls me mandou mensagem dizendo que, para ela, já não dava mais. Só que eu fiquei desesperada, porque eu realmente gostava dela. Acabei tomando minha decisão: fui até a casa dela e a pedi em namoro.
Aí no meio daquela emoção de começar um namoro, minha irmã me liga pedindo para buscá-la no Outback. Ela tinha começado o namoro com uma menina no mesmo dia.
Chamei ela pra ir comigo. Enfim... Minha mãe era meio homofóbica naquela época, então quando chegamos na minha casa, foi uma situação meio tensa.
Passadas 2 semanas, a Larls ainda estava muito ciumenta da Carls (a gente ainda conversava, mas eu realmente não estava ficando com ela). Até que eu não aguentei mais e terminei o namoro.
A Carls falou que ia largar do marido e acabamos "namorando" por um mês (mas foi tudo virtual, pq ela estava em outro estado com o marido e a enteada).
Quando ela voltou, as coisas estavam estranhas entre a gente. Resultado: ELA VOLTOU COM O MARIDO!
Foi uma baixaria só... Ela começou a me mandar mensagens no Instagram. Bloqueei. Facebook, bloqueei. WhatsApp, bloqueei. BLOQUEEI EM TUDO QUE EU LEMBRAVA.
Até que um belíssimo dia ela me manda um e-mail me pedindo dicas de trabalho (eu trabalho com marketing digital) porque ela tinha arrumado um emprego como assistente jurídica em uma empresa com foco em atendimento digital.
Respondi e depois mais nada.
VEY, A GURIA COMEÇOU A FAZER SPAM NO MEU E-MAIL COM MENSAGENS. Eu respondi ela desabafando toda a minha revolta que estava entalada.
Eu tive que bloquear ela do meu FUCKING E-MAIL.
Passaram vários meses e, depois de ter me restabelecido emocionalmente, acabei procurando a Larls para pedir desculpas porque eu tinha sido babaca com ela (eu sei que eu não deveria te continuado a conversar com a Calrs depois que começamos a namorar).
Acabamos voltando a conversar e as coisas foram fluindo bem mais naturalmente. Até que um dia convidei ela para ir comigo no casamento de um amigo e, como meus pais e meus irmãos estavam viajando, a minha AVÓ me ligou pedindo para eu levar minha amiga para dormir lá em casa e eu não ficar sozinha.
Bom... Acabamos ficando.
E uma semana depois estávamos namorando. Isso foi em novembro de 2018. Quando foi no carnaval de 2020 fomos morar juntas.
Acabamos de completar 1,5 de namoro. A Larls esteve comigo quando perdi meu avô em abril e meu pai em julho. Hoje ela conversa mais com a minha mãe e a minha avó do que eu kkkkkk
É isso, turma.
Estou anexando alguns prints dos e-mails com a Carls pra vocês verem que não é fake:
https://imgur.com/a/QUoIxIF
submitted by BethNina to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.06 22:19 Zaratrin o ex futuro namorado babaca da minha irmã

oi Luba, gatas, possível convidado que nunca tem, papelões mortos
F
Minha irmã ficava com um guri desde o ano passado, eles ficavam sério, ele mandava papo de futuro e tals, queria até conhecer a mãe dela, queria namorar com a minha irmã. Ele falava que não tinha ninguém além dela, chamava ela de mandraka, uma gíria do funk eu acho, ele falava q estava apaixonado, dizia q largou todos os corres dele pra ficar com ela. Minha irmã acreditava, lógico, ninguém imaginou que alguém poderia ser tão cuzão ao ponto de tratar dessa forma, falando q queria ela na vida dele e tals, pra no final só estar iludindo. Ele surtava com tudo, com os amigos, com lomotifs, mas ela tbm não era calminha não, mas ela sim tinha motivos pra surtar com ele. Eu ajudava ela, dava conselhos, eu mesma acreditava q ele era boa pessoa, não conseguia entrar na minha cabeça q alguém poderia ser tão babaca em fazer tal coisa, mas ele fez. Mas como é babaca, ele dava papo de futuro em outras minas tbm, aí um dia rolou uma festa, e o guri pegou 4 meninas enquanto ela não foi, e ele falava q só foi nessa festa para pegar a minha irmã, sendo q a dona da festa dizia estar casada com ele, pq ele tbm dava papo nela e iludia ela
Minha irmã cagou pra ele a festa inteira depois q a amiga falou oq ele fez, uns amigos desse guri vieram chamar ela, falando q ele queria ficar com ela, mas ela mandava eles tmnc e voltava a curtir. E lá tinha alguns guris que minha queria ficar (ela não é santa, mas não fez nada, diferente dele).
Minha irmã descobriu q ele dava em cima de várias, deu em cima até de mim, enquanto ele cuidava da garota q dizia estar casada com ele, ele ficava mandando beijinhos para ela. Ai depois da festa minha irmã mandou mensagem perguntando o pq dele estar falando aquilo, ele fez a egípcia, dizia q não sabia, tava se fazendo de santo. Ele ligou e surtou, falando q ela não confiava nele, que não sei oq
Então ela cansou dele, ele mentia pra ela, e ela se cansou. Então, umas 3 semanas depois da festa ela começou a conversar bem mais com o amigo dele, no mesmo dia da festa ele mandou uma mensagem dizendo "eu não tirei o olho de você, não fiquei com ninguém querendo ficar só com voce", (e ele realmemte não tirava o olho dela, era até meio bizarro, ela passava e ele a seguia com os olhos) e ele parecia mais interessado nela doq o babaca, a conversa fluiu, ele parece está interessado e ela tbm. Mas o babaca, vamos chamar ele de Carls, voltou, xingou ela de tudo quanto é coisa, e xingou o garoto q ela está conversando tbm, vamos chamar ele de Varls
Carls foi no wpp dela e a xingou muito, e muito msm, ela o bloqueou e ele foi no dixx dela reclamar por ela não ter seguido ele de volta no insta, ele parou de seguir. Depois de um tempo sem se falarem alguém ligou para ela, ela atendeu, era ele num número desconhecido, ele começou a se desculpar, falou q ela era a garota da vida dele, que ele amava ela e blá blá blá, ela disse que não queria mais nada com ele, que não queria saber dele e tals
Ela jogou um monte na cara dele
Aí o Carls perguntou se ela estava ficando com o Varls, ela disse que sim, ele mandou ela ir se fuder, falou um monte de merda
Ela desligou e ok
Alguns dias sem nenhum sinal do Carls, ela recebeu uma solicitação de um garoto chamado Carls Junior, aceitou e começou a conversar, o papo fluiu de boa, ele era até legal. Então ela postou um story no insta para mandarem perguntas para ela, e o Carls Junior mandou "tem Whatsapp?", ela respondeu no privado q sim, ele pediu pra ela passar e ela passou, começaram a conversar. Ai ele mandou no wpp "tá ficando sério com alguém?" ele mandou isso do nada, no meio de uma conversa qualquer, ela já ficou com uma pulga atrás da orelha "pq ele foi tão direto assim?" Ela pensou. Ela falou q estava sim e ele perguntou com quem, ela mandou a real, e perguntou pq ele estava fazendo essas perguntas, e então ele mandou "porra (nome fictício pra ela), você tá ficando com meu amigo, filha da puta", era o Carls, o babaca da historia, ela parou de responder, e ele começou a fodelância de palavras, falou mais merda q eleitor defendendo político. Depois disso tudo, ele ainda teve a cara de pau de chegar na """"melhor amiga"""" (varias aspas pq né, falsa cof cof, talarica cof cof) dela pra pedir pra ficar, pra tentar causar ciúmes na minha irmã, sendo q ele chamava a amiga dela de talarica, dizia que nunca ia pegar ela, mas na primeira oportunidade de atingir minha irmã, ele foi
A amiga não aceitou, pelo menos isso (mas em outra ocasião com certeza aceitaria). Mas não deu em nada, ela nem quer mais saber dele, ela está bem com o Varls, mas o Carls não larga do pé dela, Varls ainda desceu o cacete no Carls pra ele deixar de ser escroto, mas não adiantou, ele continua procurando minha irmã pra xingar ela, ele não superou. Acho q não desiste pq ele foi regeitado, e não pq regeitou, deu pra entender?
Ele é o babaca?
um mês depois ele começou um namoro com uma amiga da minha irmã, e aquela garota que ele tava casado no começo de tudo, lá na festa, tbm estava ficando com o mlhr amigo dele. Então, os dois melhores amigos dele estavam praticamente namorando as minhas q ele agora não consegue esquecer
ah, e essa menina que o Carls namora, minha irmã já pegou
submitted by Zaratrin to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.06 20:35 thoommaaron Vc me conhece a anos e vai em trocar Assim ? .. Eu fui o Babaca ?

Olá lubaa, editores, gatas e turmas que está a ver...(Sou nordestino tia carsminha)Title : Vc me conhece a anos e esta me trocando por alguém que conhece a meses... Então sou Thomas Aaron Tenho 21 anos moro em Salvador BA, eu sou uma pessoa carismática então conheço muitas pessoas por jogos online e na vida real tbm, eu conheço a pessoa a 10 anos amigos de infância vamos chamar ele Carls, A 4 anos atras chamei Carls para jogar online comigo um joguinho online LOL ,sendo como sou chamei ele para jogar apresentei pessoas para jogar com agente ele as conhece-las tbm . o tempo passou e eu reduzi meu tempo de jogatina pois sou pai e eu não moro com meus pais e el conheceu pessoas novas e ele me apresentou duas pessoas que a Darls e a Farls duas ótimas pessoas que falam comigo sempre o Carls ele tem um ego imenso por achar ser melhor que todos mais esforçado quando quer provar para alguém que ele é melhor e quando ele vê que não tem como ele desiste e descarta as objeções e objetivos eu me tornei amigo da Darls e da Farls jogando com essas pessoas com frequência !! e um dia de domingo eu decidi entrar para jogar e a Darls me chama com ele o Carls na sala para jogar ,e ele estava la e pouco segundos depois saiu alegando para ela que não ia jogar mas e ela sendo minha amiga falou que eles estava "Namorando" eu parabenizei e dei dicas pois conhecia o Carls a 12 anos... jogamos horas passou ela saiu e ele me chamou para jogar e ele e a Farls entrei falei com eles e jogamos, pouco tempo ele saiu para comer ea Farls falou que estava namorando com o Carls e eu pensei (como assim ele não esta namorando a Darls) como pode isso ... eu sendo muito amigo da Darls pensei falo com ela ou deixo quieto, deitei com minha esposa e Perguntei se deveria contar minha esposa falou que sim pois ninguém deveria passar por isso pois não é legal e fomos dormir..
No dia Seguinte: quando acordei eu estava e folga e entrei no discorde onde tinha 45 mensagem da Darls falando que tinha descobrido da farls e ela tava P*@$ da vida por ser engana ela descobriu que ele pediu as duas em namoro no mesmo dia e que ele não tinha nem trocado o contesto da frase e que tinha usado as mesmas palavras !!! ele tinha dois grupos diferentes onde jogava falando com uma e no outro para falar com a outra para não descobrir nessa situação eu aconselhei ela conversar com ele pois jogava com ambos e conhecia ele a mais tempo então só falei para ela
- Fala com ele conversa quem sabe vcs se entendam e fiquem amigos pelo menos !!
Ela se negou de falar com ele, eu entendia claro ela estava irritada e fui falar com ele sobre, ele nervoso por saber que eu sabia falou não fala com essa maluca não essa mulher é doida maluca ela acha que eu tinha algo com ela mais nunca pedi nada para ela ... eu estranhei a maneira dele falar pq ele tava nervoso e fui ate o chat falar com a Farls ela falou sobre a mesma coisa que ele era uma canalha filha da P*@% que ela não queria mais saber dele eu fui falar com o carls Sobre mais ele não argumentava e só falou que elas eram doidas que ele não pediu para namorar ninguém Então fui falar com a Darls ela me explicou e me mando ou print da Farls (Obs:isso aconteceu no ano passado e não tenho mais os prints pq para min era irrelevante mante-los no meu celularmais vou digitar em sequencia oque tinha nas mensagem vou digitar uma vez pq tinha a mesma coisa para Farls e a Darls).Mensagens :
- Carls : Serio eu te amo
- quero vc comigo para sempre
- Dars e Fars : ai que fofo tbm te amo <3 <3 <3 carinha com bucheca vermelha
- Cars : quer namorar comigo ? gosto muito de vc !
-Darls e Farls : sim Quero tbm gosto muito de vc !!!
Desfecho dramático: Eu vendo toda essa situação fui falar co m a farls e ela me mandou os mesmos prints e claramente afirmava que ele estava engando as duas, eu fui falar com ele falando que era uma sacanagem que não tinha necessidade dele estar fazendo pois as duas garotas tinham sentimentos ai ele disse.
- Carls: Então vc vai proteger elas que se conhece a pouco tempo e eu que sou seu amigo a 12 anos vai desprezar.
- Eu : Cara vou sim pq isso não se faz com ninguém ... isso é desprezível.
-Carls: vc quer ficar com elas né só pode ...sempre assim querendo me passar para traz querendo roubar minhas namoradas !! e ainda se diz meu amigo
(Obs : anos atras quando tinhas uns 5 anos de amizade ele namoro uma menina que tinha problemas com a família e se alto mutilava... ele planejava ficar com outra garota na escola tudo escondido ela me perguntou sobre tal ação e confirmei pq fiquei com medo fazer lago como tal pior ela tentou se matar por isso passou u mt empo no hospital depois ele terminou falando que ela era maluca e ela fou que não queria mais ele)Na epoca fiz oque achei certo não poderia deixar ela ser feito de besta daquela maneira.
Eu afirmei logo depois. - Cara deixa de ser idiota sou casado e tenho uma filha não estragaria meu casamento assim .. não que ficar Com "Suas Namoradas" isso é errado e repudiante mulher nenhuma vai querer vc sabendo dessas ações infantis sua
Ele sem algum argumento plausível disse. - vc é uma merda vcs 3 se merecem vcs são burros e troxas . (Claramente um nice guy)
logo apos isso ele foi falar com as minas sobre o ocorrido de 5 anos atras falando que eu queria roubar a namorada a farls mesmo eu não me metendo tanto me bloqueou do Discord e do LOL
a Darls ja sabia sobre isso e conhecia meu irmão que explico como foi a historia e continua falando comigo normal.
Segundo Desfecho dramático: Logo apos isso eu bloqueei o Carls de tudo que era rede social possível e a Darls me chamou para jogar e ai conheci a Tarls A terceira namorada dele que ele pediu em namoro do mesmo jeito sem nem troca as palavras ... a Darls me pediu ajuda para contar e eu e contei a menina ficou [email protected]*& da vida ele entrou na conta dela do discord para me falar algumas coisas mais falei para ele ir chorar no colo da mamãe para ele deixar de ser um garoto nojento e para não me procurar mais .... Eu fui o babaca em me meter defendendo a Darls ea Farls por essa atitude dele ?? ............. Fica minha historia incrível ai luba E editores e a turma toda que esta a ver ! deixem ai oque vcs acham !!! fu i realmente o babaca Bjss Flww
submitted by thoommaaron to TurmaFeira [link] [comments]


2020.05.30 15:01 Boladox SOU O BABACA POR QUERER SABER O FUTURO DE UM "PROVÁVEL" ROMANCE?

Olá Luxca, [TURMA] e editores que tanto amo me chamo Gustavo e hj vim sanar uma pequena dúvida com vcs, que é: Eu sou o babaca?
Tudo começou no início do ano quando conheci uma garota muito bonita na escola, vou chamá-la de Bela até porque ela não gosta que chamem de Isa ela é do 8° ano e eu do 9° mas temos a mesma idade assim eu acredito... Até que um dia falo pras minha amigas que achei ela bonita, minhas amigas como meras fofoqueiras que são chegaram nela e falaram "hey,ele (eu) gosta de vc!" Sem saber oq fazer me escondi no banheiro com MT vergonha e desprezo por ter elas na minha vida (brinks). Um dia no recreio essas mesmas garotas disseram que eu tinha que falar com ela, e eu como um destemido garoto obviamente...recusei. Então, logo depois disso elas me puxaram em frente a sala do vice diretor, e vejo elas em direção ao banheiro que fica na frente da sala dele, eu sem saber oq fazer esperei, quando ouço gritos e vejo minhas amigas PUXANDO A MINA DO BANHEIRO E EMPURRANDO ATÉ MIM! Ok, ficamos um 5 segundos de olhando sem falar nada, e eu pedi desculpas alí mesmo e disse que não queria que isso acontece dessa forma, ela foi muito gente fina e tals, fiquei até surpreso mas ok...(detalhe,todas a turmas do 6° ao 8° viram a cena) mas ok, já em casa pedi a uma amiga dela para que me mandasse o número dela, ela me passou e pedi desculpas por td novamente, ela aceitou e ficamos conversando por umas 7hrs seguidas, inclusive, obrigado Luba, eu falei que amava vc e ela ficou feliz pra krl KKKKKK,disse até que a partir dali estavamos casados ksksksksk. Logo depois disso passaram-se 2 meses e a gente conversava por horas todos os dias... Até que o desastre chega meu melhor amigo (Vou chamá-lo de Capital do Peru) se aproxima dela e eu fico muito enciumado, mas não liguei muito, passam uns dias e eu começo a suspeitar que ela goste dele, fui meio cusão e deixei de falar com ela do nada por 2 dias até que me desculpei e voltamos a nos falar normalmente... Agora é o momento em que eu choro muito, um dia uma garota da minha sala pediu pra ficar comigo, logo recusei pensando na Bela. Falei com minha tia sobre tudo isso, ela me indicou a falar com a Bela sobre nosso futuro, foi o que eu fiz, ela me disse que não planejava,e sim deixava acontecer. Contei a história pra ela e ela estourou falando que se ela estava me atrapalhando a ficar com outras pessoas,ela sairia da minha vida, eu neguei dizendo que ela entendeu tudo errado! Ok, o dia se passa e não nos falamos na escola no dia seguinte, nesse mesmo dia recebo uma mensagem dela me dizendo "porque vc não me falou sobre tudo isso? Que vc já estava ficando com a garota,e que vc estava espalhando por aí que estávamos namorando" eu entro em shock e falo pra ela que nada disso era vdd, eu queria saber quem foi que falou essas coisas pra ela,mas sem sucesso. 3 semanas se passam, eu chego na Capital do Peru e pergunto se ele sabe quem falou tudo isso, ele vira pra mim e fala "sei,fui eu" eu perplexo pergunto pq ele fez isso e ele me diz que ela como amiga dele deveria saber,e eu ataco novamente dizendo que ele sabe que é mentira, ele disse que sabia,mas não pensou na hora....
É isso gente,agora me digam,eu sou o babaca? (SE QUISEREM A PARTE 2 COM PRINTS, ME AVISEM GALERINHA) bjs <30
submitted by Boladox to TurmaFeira [link] [comments]


2020.05.27 21:53 Boladox SOU O BABACA POR QUERER SABER O FUTURO DE UM TALVEZ ROMANCE?

Olá Lubinho, chat, editores que tanto amo e falecido Fodrigo Raro ( ✊😪) me chamo Gustavo e hj vim sanar uma pequena dúvida com vcs,que é: Eu sou o babaca? Desculpa postar isso aqui,é que não quero postar em inglês na page oficial do am i the asshole,enfim!
Tudo começou no início do ano quando conheci uma garota muito bonita na escola, vou chamá-la de Bela até porque ela não gosta que chamem de Isa ela é do 8° ano e eu do 9° mas temos a mesma idade assim eu acredito... Até que um dia falo pras minha amigas que achei ela bonita, minhas amigas como meras fofoqueiras que são chegaram nela e falaram "hey,ele (eu) gosta de vc!" Sem saber oq fazer me escondi no banheiro com MT vergonha e desprezo por ter elas na minha vida (brinks). Um dia no recreio essas mesmas garotas disseram que eu tinha que falar com ela, e eu como um destemido garoto obviamente...recusei. Então, logo depois disso elas me puxaram em frente a sala do vice diretor, e vejo elas em direção ao banheiro que fica na frente da sala dele, eu sem saber oq fazer esperei, quando ouço gritos e vejo minhas amigas PUXANDO A MINA DO BANHEIRO E EMPURRANDO ATÉ MIM! Ok, ficamos um 5 segundos de olhando sem falar nada, e eu pedi desculpas alí mesmo e disse que não queria que isso acontece dessa forma, ela foi muito gente fina e tals, fiquei até surpreso mas ok...(detalhe,todas a turmas do 6° ao 8° viram a cena) mas ok, já em casa pedi a uma amiga dela para que me mandasse o número dela, ela me passou e pedi desculpas por td novamente, ela aceitou e ficamos conversando por umas 7hrs seguidas, inclusive, obrigado Luba, eu falei que amava vc e ela ficou feliz pra krl KKKKKK,disse até que a partir dali estavamos casados ksksksksk. Logo depois disso passaram-se 2 meses e a gente conversava por horas todos os dias... Até que o desastre chega meu melhor amigo (Vou chamá-lo de Capital do Peru) se aproxima dela e eu fico muito enciumado, mas não liguei muito, passam uns dias e eu começo a suspeitar que ela goste dele, fui meio cusão e deixei de falar com ela do nada por 2 dias até que me desculpei e voltamos a nos falar normalmente... Agora é o momento em que eu choro muito, um dia uma garota da minha sala pediu pra ficar comigo, logo recusei pensando na Bela. Falei com minha tia sobre tudo isso, ela me indicou a falar com a Bela sobre nosso futuro, foi o que eu fiz, ela me disse que não planejava,e sim deixava acontecer. Contei a história pra ela e ela estourou falando que se ela estava me atrapalhando a ficar com outras pessoas,ela sairia da minha vida, eu neguei dizendo que ela entendeu tudo errado! Ok, o dia se passa e não nos falamos na escola no dia seguinte, nesse mesmo dia recebo uma mensagem dela me dizendo "porque vc não me falou sobre tudo isso? Que vc já estava ficando com a garota,e que vc estava espalhando por aí que estávamos namorando" eu entro em shock e falo pra ela que nada disso era vdd, eu queria saber quem foi que falou essas coisas pra ela,mas sem sucesso. 3 semanas se passam, eu chego na Capital do Peru e pergunto se ele sabe quem falou tudo isso, ele vira pra mim e fala "sei,fui eu" eu perplexo pergunto pq ele fez isso e ele me diz que ela como amiga dele deveria saber,e eu ataco novamente dizendo que ele sabe que é mentira, ele disse que sabia,mas não pensou na hora....
É isso gente,agora me digam,eu sou o babaca? (Se quiserem a parte 2 mais atualizada com prints me falem) bjs <3
submitted by Boladox to TurmaFeira [link] [comments]


2020.05.27 08:38 Boladox SOU BABACA POR QUERER SABER OS PLANOS FUTUROS DE UM POSSÍVEL ROMANCE?

Olá Lubinho, editores que tanto amo e chat que está a ver, me chamo Gustavo e hj vim sanar uma pequena dúvida com vcs,que é: Eu sou o babaca? Desculpa postar isso aqui,é que não quero postar em inglês na page oficial do am i the asshole,enfim!
Tudo começou no início do ano quando conheci uma garota muito bonita na escola, vou chamá-la de Bela até porque ela não gosta que chamem de Isa ela é do 8° ano e eu do 9° mas temos a mesma idade assim eu acredito... Até que um dia falo pras minha amigas que achei ela bonita, minhas amigas como meras fofoqueiras que são chegaram nela e falaram "hey,ele (eu) gosta de vc!" Sem saber oq fazer me escondi no banheiro com MT vergonha e desprezo por ter elas na minha vida (brinks). Um dia no recreio essas mesmas garotas disseram que eu tinha que falar com ela, e eu como um destemido garoto obviamente...recusei. Então, logo depois disso elas me puxaram em frente a sala do vice diretor, e vejo elas em direção ao banheiro que fica na frente da sala dele, eu sem saber oq fazer esperei, quando ouço gritos e vejo minhas amigas PUXANDO A MINA DO BANHEIRO E EMPURRANDO ATÉ MIM! Ok, ficamos um 5 segundos de olhando sem falar nada, e eu pedi desculpas alí mesmo e disse que não queria que isso acontece dessa forma, ela foi muito gente fina e tals, fiquei até surpreso mas ok...(detalhe,todas a turmas do 6° ao 8° viram a cena) mas ok, já em casa pedi a uma amiga dela para que me mandasse o número dela, ela me passou e pedi desculpas por td novamente, ela aceitou e ficamos conversando por umas 7hrs seguidas, inclusive, obrigado Luba, eu falei que amava vc e ela ficou feliz pra krl KKKKKK,disse até que a partir dali estavamos casados ksksksksk. Logo depois disso passaram-se 2 meses e a gente conversava por horas todos os dias... Até que o desastre chega meu melhor amigo (Vou chamá-lo de Capital do Peru) se aproxima dela e eu fico muito enciumado, mas não liguei muito, passam uns dias e eu começo a suspeitar que ela goste dele, fui meio cusão e deixei de falar com ela do nada por 2 dias até que me desculpei e voltamos a nos falar normalmente... Agora é o momento em que eu choro muito, um dia uma garota da minha sala pediu pra ficar comigo, logo recusei pensando na Bela. Falei com minha tia sobre tudo isso, ela me indicou a falar com a Bela sobre nosso futuro, foi o que eu fiz, ela me disse que não planejava,e sim deixava acontecer. Contei a história pra ela e ela estourou falando que se ela estava me atrapalhando a ficar com outras pessoas,ela sairia da minha vida, eu neguei dizendo que ela entendeu tudo errado! Ok, o dia se passa e não nos falamos na escola no dia seguinte, nesse mesmo dia recebo uma mensagem dela me dizendo "porque vc não me falou sobre tudo isso? Que vc já estava ficando com a garota,e que vc estava espalhando por aí que estávamos namorando" eu entro em shock e falo pra ela que nada disso era vdd, eu queria saber quem foi que falou essas coisas pra ela,mas sem sucesso. 3 semanas se passam, eu chego na Capital do Peru e pergunto se ele sabe quem falou tudo isso, ele vira pra mim e fala "sei,fui eu" eu perplexo pergunto pq ele fez isso e ele me diz que ela como amiga dele deveria saber,e eu ataco novamente dizendo que ele sabe que é mentira, ele disse que sabia,mas não pensou na hora....
É isso gente,agora me digam,eu sou o babaca? (SE QUISEREM PARTE 2 COM ATUALIZAÇÕES E PRINTS AVISEM!) bjs <3
submitted by Boladox to TurmaFeira [link] [comments]


2020.05.27 08:34 Boladox AM I THE ASSHOLE???

Olá Lubixco,chat/turma,editores (amo vcs),me chamo Gustavo e hj vim sanar uma pequena dúvida com vcs,que é: Eu sou o babaca? Desculpa postar isso aqui,é que não quero postar em inglês na page oficial do am i the asshole,enfim!
Tudo começou no início do ano quando conheci uma garota muito bonita na escola, vou chamá-la de Bela até porque ela não gosta que chamem de Isa ela é do 8° ano e eu do 9° mas temos a mesma idade assim eu acredito... Até que um dia falo pras minha amigas que achei ela bonita, minhas amigas como meras fofoqueiras que são chegaram nela e falaram "hey,ele (eu) gosta de vc!" Sem saber oq fazer me escondi no banheiro com MT vergonha e desprezo por ter elas na minha vida (brinks). Um dia no recreio essas mesmas garotas disseram que eu tinha que falar com ela, e eu como um destemido garoto obviamente...recusei. Então, logo depois disso elas me puxaram em frente a sala do vice diretor, e vejo elas em direção ao banheiro que fica na frente da sala dele, eu sem saber oq fazer esperei, quando ouço gritos e vejo minhas amigas PUXANDO A MINA DO BANHEIRO E EMPURRANDO ATÉ MIM! Ok, ficamos um 5 segundos de olhando sem falar nada, e eu pedi desculpas alí mesmo e disse que não queria que isso acontece dessa forma, ela foi muito gente fina e tals, fiquei até surpreso mas ok...(detalhe,todas a turmas do 6° ao 8° viram a cena) mas ok, já em casa pedi a uma amiga dela para que me mandasse o número dela, ela me passou e pedi desculpas por td novamente, ela aceitou e ficamos conversando por umas 7hrs seguidas, inclusive, obrigado Luba, eu falei que amava vc e ela ficou feliz pra krl KKKKKK,disse até que a partir dali estavamos casados ksksksksk. Logo depois disso passaram-se 2 meses e a gente conversava por horas todos os dias... Até que o desastre chega meu melhor amigo (Vou chamá-lo de Capital do Peru) se aproxima dela e eu fico muito enciumado, mas não liguei muito, passam uns dias e eu começo a suspeitar que ela goste dele, fui meio cusão e deixei de falar com ela do nada por 2 dias até que me desculpei e voltamos a nos falar normalmente... Agora é o momento em que eu choro muito, um dia uma garota da minha sala pediu pra ficar comigo, logo recusei pensando na Bela. Falei com minha tia sobre tudo isso, ela me indicou a falar com a Bela sobre nosso futuro, foi o que eu fiz, ela me disse que não planejava,e sim deixava acontecer. Contei a história pra ela e ela estourou falando que se ela estava me atrapalhando a ficar com outras pessoas,ela sairia da minha vida, eu neguei dizendo que ela entendeu tudo errado! Ok, o dia se passa e não nos falamos na escola no dia seguinte, nesse mesmo dia recebo uma mensagem dela me dizendo "porque vc não me falou sobre tudo isso? Que vc já estava ficando com a garota,e que vc estava espalhando por aí que estávamos namorando" eu entro em shock e falo pra ela que nada disso era vdd, eu queria saber quem foi que falou essas coisas pra ela,mas sem sucesso. 3 semanas se passam, eu chego na Capital do Peru e pergunto se ele sabe quem falou tudo isso, ele vira pra mim e fala "sei,fui eu" eu perplexo pergunto pq ele fez isso e ele me diz que ela como amiga dele deveria saber,e eu ataco novamente dizendo que ele sabe que é mentira, ele disse que sabia,mas não pensou na hora....
É isso gente,agora me digam,eu sou o babaca? (Se quiserem a parte 2 mais atualizada com prints me falem) bjs <3
submitted by Boladox to TurmaFeira [link] [comments]


2020.05.17 03:27 LizianeS2 aprender novamente...

hoje eu vi algo que eu apenas pensava que era coisa da minha cabeça. estou namorando a 4 anos e em 2 desses 4 anos eu e o meu namorado moramos juntos, somos apesar dos conflitos do dia a dia felizes juntos só que por me relacionar com 1 único homem desde os meus 14 anos eu tinha muito aprender, pois pelo meu namorado ser 6 anos mais velho que eu, eu o via como pessoa muito legl porem ele acabou me fazendo me afastar de todos os meus amigos inclusive mulheres, no começo achava tudo isso normal por isso nunca fiz nada para impedir isso. um erro meu é claro porem era jovem e eu realmente pensava que para ter um relacionamento feliz tinha que abrir mão de minhas amizades. Hoje vejo que isso é uma grande bobagem, que para ter um relacionamento feliz ele tem que ser saudavel. porem para que eu tenha chegado nesse tipo de pensamento tive que passar por um grande processo em minha vida. DEPRESSÃO, na época eu não via isso como depressão ate pq eu me via como uma pessoa que apenas estava com pequenos problemas na minha vida, não que eu nao acredite que depressão é uma doença seria, muito pelo contrario, porem eu nunca conseguia me ver como uma pessoa que tinha depressão, eu sempre via a depressão em outra pessoa menos em mim porem ela me prejudicou bastante abandonei a escola e cheguei ao ponto de simplesmente acorda e ficar olhando para o teto ate o sono chegar novamente. consegue acreditar que eu fiquei ate 15 dias sem tomar banho?! pois é, eu não consigo me imaginar assim porem aconteceu e eu só conseguir me "livrar" pois tive um pensamento que por mais estranho que foi, me ajudou a sair da depressão, eu pensei, " é liziane, vc quer morrer mas nem se matar vc consegue, é inutil até para isso então oque resta é voce torcer para que alguem te atropele ou te de um tiro, e para que isso aconteça vc tem que sair desta cama, é bom e aproveita e tenta nao ser um estorvo para ninguem, ninguem aguenta mais vc, entao fassa as coisas que vc tem que fazer." (ser dona de casa) e por mais triste que isso possa ser eu decidi que iria fingir assim todos parariam de pergunta qual era o problema, coisa que eu não sabia responder. e de tanto fingir hoje eu sou feliz de vdd, hj eu realmente me amo e não existe pessoa mais incrivel que eu tomei as rédias de minha vida, conversei com meu namorado e hoje ele vê o quanto errou comigo e por mais dificil de acreditar, ele mudou completamente, claro que não foi de um dia para o outro porem foi algo que foi trabalhado aos poucos, do homen machista, álcoolatra e traidor, ele se tornou um homem que não bebe mais álcool, bom pelo menos não como antes, e se tornou amoroso e dividimos tudo por igual nas tarefas de casa e fora dela tbm. meu único problema agora é aprender a me socializar novamente com as pessoas, esse dom eu perdi totalmente e por mais feliz que eu estou e por mais idiota que possa pareçer a unica coisa que sinto que falta em minha vida é uma amiga para quem eu ainda possa falar mal do marido (maus de casado) sinto que os amigos do meu marido são apenas amigos dele, claro que nos respeitamos e temos assuntos em comum mais eu gostaria muito de poder dizer que eu tenho uma amiga que cv comigo por gostar de minha pessoa, e não amigos que apenas sao meus amigos pq meu namorado é amigo deles.

desculpem os erros ortográficos. e desculpa por ser muito longo tenho o mal de querer sempre colocar contexto nas coisas. obg por ler até aqui.
submitted by LizianeS2 to desabafos [link] [comments]


2020.03.28 21:58 Inevitable_Speaker Eu não aguento mais o meu casamento

Boa noite a todos. Como o título já disse, eu sou casado e estou passando por um momento bem difícil no meu relacionamento. Três anos atrás eu me mudei para a Alemanha para trabalhar aqui, e na época eu estava namorando a 6 meses com a minha atual esposa. Eu não sabia se ia ficar permanentemente aqui, já que tinha um contrato de 1 ano de duração, mas planejava trabalhar bastante para poder me estabilizar por lá nesse intervalo. Eu não tinha muita certeza sobre o futuro do relacionamento na época, pois era bem recente e nunca tinha tido um relacionamento a distância antes. Conversamos (e brigamos) bastante sobre nosso futuro juntos, e acabei dizendo que deveríamos terminar - já tínhamos tido alguns atritos nesses 6 meses, e não achei que o relacionamento a distância ia ser melhor. Ela reagiu muito mal a isso, chegando a me fazer ter medo dela acabar fazendo algo contra a própria vida. Acabei voltando atrás, e decidi que poderia dar uma chance ao relacionamento à distância, e tentar desenhar um plano para estarmos juntos novamente no futuro.
O emprego que eu consegui era um estágio, e o salário dava pra eu me manter, mas não o suficiente para viver com muito luxo. O plano era conseguir alguma experiência por aqui, uma boa recomendação e então conseguir um emprego "de verdade". Decidimos que ela ia vir pra cá com um visto de estudante, depois que eu tivesse condições pra bancar ela. Nós juntamos todo o dinheiro que podíamos pra tornar isso possível. Nenhum de nós veio de família rica, então só podiamos contar com nossa própria renda pra juntar o suficiente pra passagem dela, custos de visto, calção pra um apartamento onde pudéssemos morar juntos (tinha que ter um tamanho mínimo por lei pra duas pessoas morarem nele), do curso de alemão que ela iria fazer. Nós dois fizemos mudanças bem sérias nas nossas vidas, e abrimos mão de bastante coisa, pra manter esse plano. E eu acho que ter isso como meta me ajudou bastante a me manter focado e não me deixar abater pelas dificuldades de ser um imigrante trazem.
Nesse intervalo de um ano, nós continuamos brigando com uma frequência mensal. Cheguei a querer terminar o relacionamento mais uma vez, no auge da pressão que senti do trabalho, brigas e preocupações financeiras. Mas tudo isso que nós dois passamos juntos me fez sentir um senso de dever com ela - ela tinha feito sacrifícios do lado dela também, e apesar de ainda estar no Brasil, eu sabia que ela não tinha ninguém com quem contar. O trabalho dela era exaustivo e pagava mal, sua família era tóxica e ela morava num bairro perigoso de uma cidade cada vez mais violenta. Eu senti que precisava tomar conta dela, porque ela também tinha me ajudado a me manter são aqui. Então, aceitei reatar com ela e decidi que era a última vez que faria algo assim. Eu queria trabalhar no nosso relacionamento e tentar encontrar a raiz dos nossos problemas. Depois de um ano na empresa, fui efetivado e comecei a ganhar bem o suficiente pra sustentar a nós dois aqui. Seguimos conforme o planejado, eu consegui um apartamento e ela veio pra cá com um visto de turista, para aplicar pro visto de estudo aqui. Por causa de burocracia e falta de entendimento nosso do processo, o visto dela foi recusado. O visto de turista dela ainda ia durar por mais 1 mês e meio. Eu tinha me preparado pra esse cenário mentalmente, e vi duas possibilidades pro futuro: Aceitar que tinhamos calculado mal nossos passos, e deixar ela voltar pro Brasil, sem emprego, para poder tentar novamente depois de pelo menos 6 meses; ou eu assumia a responsabilidade que tinha com aquela mulher e nos casávamos, fazendo com que ela compartilhasse do meu visto. Obviamente eu escolhi o segundo, porque eu sou um idiota. Nossa vida de casado tem tido seus altos e baixos. Nós evoluímos bastante como casal desde o início do nosso relacionamento, mas nós pulamos várias etapas quando casamos de forma tão repentina. Eu nunca tinha dedicado meu tempo a pensar no que eu desejava numa esposa - numa parceira pra vida inteira. Muito dos nossos planos pro futuro são extremamente incongruentes - eu gostaria de ter filhos nos próximos dois anos, ela não os quer por pelo menos 8. Ela quer morar numa cidade grande, eu quero ir pra um lugar mais sossegado. Ela quer continuar na Alemanha, eu quero ir pro Canadá. Nossa vida sexual também tem sido um lixo. No início do nosso relacionamento, tínhamos uma química muito boa na cama, mas isso mudou depois que ela se mudou pra cá comigo. Não sei se foi a falta de sexo por 1 ano que nos deixou enferrujados, mas desde então poucas foram as vezes em que fiquei realmente satisfeito (e tenho certeza que o mesmo vale pra ela). Isso têm causado um mal estar grande entre nós dois, e ela me culpa bastante por isso, o que me irrita e acaba causando mais discussões.
No momento em que escrevo isso, ela está se recuperando de uma inflamação no útero (que ela já insinuou ser minha culpa),e portanto estamos a quase um mês sem sexo de nenhuma forma. Não me sinto motivado a buscar nada sexual com ela, sinto como se essa parte de mim estivesse morta. É um sentimento horrível. Ultimamente até as demonstrações de afeto dela como beijos e abraços me causam um pouco de repúdio por vezes. Talvez a falta de espaço pessoal trazida pela quarentena tenha aumentado isso. Tivemos outra briga por causa de algo menor a uma hora atrás e estamos sem nos falar desde então. Prevejo que isso vá se estender pelo resto da noite. Não é isso que eu quero pro resto da minha vida, mas tenho dificuldade em saber como agir com ela ultimamente.
Obrigado por me ouvir, se você chegou até aqui.
submitted by Inevitable_Speaker to desabafos [link] [comments]


2020.03.25 19:57 escuzeiro Como seguir em frente depois de um término?

Oi, não sei se alguém vai ler isso mas eu preciso muito desabafar porque não sobrou mais ninguém ao meu redor pra me ouvir.
Eu fui casado por dois anos, nós dois éramos tidos por todos como o casal perfeito. Nos conhecemos pelo Facebook, 15 dias depois nos vimos pela primeira vez, 15 dias após o primeiro encontro (nos vendo todo santo dia), ele me pediu em namoro. 5 dias depois estávamos morando juntos. Ele era uma pessoa incrível. Bondoso, bem humorado, carinhoso pra cacete, o sexo era incrível. A gente nesses dois anos construiu uma conexão de outras vidas, sabe? Eu era a pessoa mais feliz do mundo do lado dele. Meu maior sonho era casar de fato, visto que a gente se considerava casado porque morávamos juntos. Assim como o meu maior medo era perdê-lo. Em Abril do ano passado, o casamento terminou. Ele terminou comigo porque supostamente nossa relação não estava mais funcionando pra ele. Rolou muita coisa desde então, ele ficou com vários caras, namorou um por um mês... E eu também tentei seguir em frente, conheci uns carinhas, até cheguei a me interessar por um mas nunca consegui esquecer ele de verdade. Nesse meio tempo, tivemos várias recaídas, inclusive quando ele estava namorando o outro menino. Ele chegou até a terminar com o menino pra gente poder ficar numa boa, isso em setembro do ano passado. Entre brigas, idas e vindas, ficamos "juntos" (sem rótulo de casal, mas todos ainda nos viam como um casal e eu tinha esperança de que ele pedisse pra voltar de verdade algum dia) até fevereiro desse ano... E agora ele mais uma vez tá ficando com um carinha X e eu mais uma vez tô sofrendo a falta dele. Penso nele o dia todo, me preocupo com ele, morro de vontade de ir falar com ele... Resumindo, eu INFELIZMENTE não consigo desapegar da idéia de que talvez ele volte pra mim de novo... A minha vida não tem tido nenhuma graça sem ele. É só uma grande repetição de beber, fumar, as vezes me drogar, dormir, acordar pra fazer tudo isso de novo. Eu não como, não durmo direito... Tá foda. O pior é que eu fico muito dividido entre a razão e a emoção. Meu cérebro diz pra eu ser lógico e racional, que ele não me quer mais e pra eu seguir em frente. Mas meu coração me diz que ele só tá confuso sobre o que sente e que ele não sabe ficar sozinho, por isso tenta "tapar buraco" com outras pessoas. Ele sempre dizia que eu sou o amor da vida dele e que isso nunca ia mudar... Outro dia chequei o twitter dele e tinham lá duas indiretas com música que claramente são pra mim... Daí eu fico muito confuso sobre o que pode acontecer e o que eu devo fazer. Parte de mim quer sair fora disso, mas a maior parte de mim ainda espera que esse amor que a gente viveu um dia se reacenda. O que fazer?
submitted by escuzeiro to desabafos [link] [comments]


2019.07.09 12:18 lipherus Íbis — Capítulo I

Bom dia, é a primeira vez que escrevo em primeira pessoa e gostaria de opiniões. =)
“A voz dos deuses e escolhida de Thot. No começo, era apenas uma Oráculo. Depois, uma bruxa queimada na fogueira do deus pagão. Espírito vagante sem salvação. E agora, protegida pelo crepúsculo Retorna aos braços d’Aquele que sempre a amou. Sob as asas d’Ele, ela se abrigou. E descansou.”
O pequeno e singelo poema cortou o silêncio do salão. Eu estava trêmula e ofegante, pois estava atrapalhando a palestra do meu professor e a grande oportunidade de sua carreira. Os estudiosos olhavam para Heru e depois para mim, à espera de alguma cena dramática que não aconteceu. Ele apenas desceu do palanque e me alcançou, sorrindo e igualmente trêmulo ao tomar o papel de minhas mãos. Murmurou agradecimentos e disse estar surpreso com a tradução, porque aquelas palavras deixavam explícitas que os antigos egípcios eram capazes de prever o futuro. Prometeu uma conversa sobre o papiro depois e pediu que eu me retirasse, mas não sem antes me agradecer de novo. Ao fechar a porta, explodo em lágrimas emocionadas e cansadas. Traduzir o poema foi um trabalho árduo de quase quatro anos, para no final descobrir que Thot havia se apaixonado por uma mortal e enterrou seu corpo em uma tumba sem glamour. Ele queria que sua amada permanecesse anônima, mas que ainda soubessem a quem pertencia. Ela não tinha um nome e sequer corpo, todavia sua existência estava cravada nas paredes de pedra do sarcófago. Levanto-me orgulhosa e volto para o laboratório, à procura de mais pistas sobre os amantes. Havia algo que ainda não tinha visto nas marcas e, mexendo em alguns pertences, um pingente em forma de meia lua cai no chão. Não sou perita em metais preciosos, mas sei que seguro algumas boas gramas de ouro puro. Procuro por escritos no verso da peça, e nada encontro, salvo os hieróglifos que remetiam a Osíris e Thot. Um presente para o deus do submundo? Depois de catalogar o colar, volto minha atenção aos textos até sentir dor de cabeça e sentar na cadeira. — Nailah, o professor Heru te chama no salão de convenção. Engulo em seco e vou até ele, esperando uma bronca por ter interrompido a palestra. Porém, ao entrar, fui recebida por salvas de palmas fervorosas. Ele me abraça e pede que explique aos demais sobre a descoberta, já que o mérito da tradução é todo meu. Sinto um misto de vergonha e emoção, porque Heru não tomou os créditos para si e deixou que eu, uma mera assistente, falasse aos melhores profissionais do mundo por horas a fio. Ele ficou ao meu lado para explicar alguns termos que não conheço, simplificar perguntas e traduzir algum outro idioma que não entendo. Ao terminar, pude respirar. Estou tão cansada que é difícil manter os olhos abertos e pensar, mas eu ainda preciso falar com ele. Despeço dos outros por alguns minutos e Heru me abraça de novo, sugerindo um jantar antes de irmos para casa e dormir. Aceito e nós fechamos o laboratório depois de pegar algumas coisas. "Sob as asas d’Ele, ela se abrigou.” É engraçado como essa frase ecoa na minha cabeça quando estou andando lado a lado com Heru. Eu o conheço há quase dez anos e nunca deixei de me sentir protegida e iluminada por sua presença. Ele é alto e imponente, com a pele tão preta que é quase avermelhada, e olhos espertos e pretos. Mas, basicamente, Heru Monterrey é um cachorro grande e bonachão que ladra e não morde. É muito fácil deixá-lo magoado e à beira de lágrimas, se quer saber. E eu amo ver esse lado sensível e frágil do meu professor, pois o torna humano e acessível. Ninguém imagina que um pesquisador de renome como ele é coração mole. — Eu encontrei isso. — entrego o colar em suas mãos. — Estava perdido no meio dos papéis. Parece que é uma oferenda a Osíris e Thot. — Ou uma oferenda de Thot para Osíris? Coço a cabeça e suspiro. — Não tinha pensado nisso. — confesso. — Nailah, você está esgotada e eu acho que deva tirar umas férias. — ele toca no meu rosto. — Eu estou pensando em dar um tempo também, podemos viajar juntos. — Quem convida é quem paga, viu? — empurro ele com meu ombro e sorrio. — Seria uma bênção poder dormir até tarde. — Pode ficar com a lua. Pego o colar e olho pra ele, chocada. Sabe-se lá de quando é a oferenda e Heru estava entregando casualmente pra mim, como um pingente comprado numa loja qualquer. Abro a boca inúmeras vezes, mas nenhuma palavra decente sai dela e só me limito a levantar as tranças pra facilitar o trabalho dele. Heru me julga por um tempo, ajeita e mexe no colar até deixá-lo bem em cima do meu coração e ficar satisfeito. — Tem certeza? — murmuro. — Isso é da sacerdotisa e não quero que Thot venha me assombrar. — Se Ele deu pra amada d’Ele, acho que não ficará bravo se eu der pra minha, não acha? Abaixo os olhos, subitamente tímida. Nós sempre brincamos com nossos colegas, que consideravam-nos namorados, mas ele nunca falou tão sério quanto aquele momento. Mordo meus lábios e seguro sua mão, sem dar resposta, mas deixando claro que se aquele é o sentimento dele, então é recíproco. Às vezes palavras não ditas fazem mais efeito do que aquelas expressadas aos quatro ventos. — Comida japonesa? — Heru pergunta para quebrar o gelo. — Depois umas doses de anti-histamínico pra não morrer de alergia? — Combinado. Saber que ele é apaixonado por mim tanto quanto sou por ele fez um bem danado pra minha auto-estima. Se antes e em algum momento da minha vida achei que não era bonita ou capaz, estava completamente enganada. Ouvir dos lábios dele que minha inteligência e devoção foram fatores cruciais para que ele se interessasse, tornou-me tão inchada quanto um balão. Depois, Heru começou a enumerar minhas qualidades físicas e só parou quando eu estava com a cara quente e prestes a surtar. Eu sou brasileira e me orgulho disso. Meu país tem os problemas dele, assim como os Estados Unidos também têm, mas nunca pensei que estudar na Unesp ia me levar até onde estou. Lembrei das noites acordada estudando infindáveis textos, das vezes que quis desistir e da minha felicidade por ter sido aprovada na faculdade que ele dá aula. E passei a amar meu corpo em forma de pera, os cabelos trançados e coloridos e, acima de tudo, a cor da minha pele. Antes tinha um grande tabu comigo mesma, por ser preta e ter uma posição de destaque, mas conforme fui aprendendo na faculdade e com a vida, percebi que estar ali é um mérito do meu esforço triplicado. No final da noite, eu e Heru transamos e dormimos juntos. Foi o momento em que eu o vi mais vulnerável, conheci cada cicatriz de seu corpo, os problemas que tinha, as marcas... Tudo. Ele se entregou completamente e assim também fiz, mostrando-lhe as feridas que tenho da época em que me afundei em depressão e cortei meus braços e pernas. — Bom dia. — ouço seu preguiçoso resmungo enquanto ele aperta minha barriga. — Agora posso morrer em paz. — Quer parar com isso? — começo a rir e abro meus olhos. — Bom dia. — Eu sempre quis apertar sua, como é que você chama? Pança. — seu português falho é particularmente adorável. — Eu amo essas dobras, sabia? — Heru! Para, sua mão tá gelada! — Tá bom, tá bom. Permissão pro abraço? — Concedida, senhor Monterrey. Enquanto ele toma banho, vou preparando o café da manhã. É inconsciente, mas eu checo minha barriga e conto as dobrinhas, três no total, pensando em como Heru pode achar aquilo interessante. Ouço seus passos ecoando pelo corredor e me viro para olhá-lo, namorando a cena do homem enrolado na toalha e molhado ainda. Ele se aproxima e ajeita a lua, jogando as tranças sobre meus peitos para tapá-los e evitar que eu pegue mais friagem. Seguro sua mão em meu rosto e fecho os olhos, sorrindo como a trouxa que sou. — Vai querer viajar? — Onde pretende ir? — roubo um selinho dele antes de servir a mesa. — Não vai entregar o artigo científico sobre a tradução? — Não está escrito em lugar algum que sou obrigado a trabalhar durante minhas férias. — ele dispara. — Pensei em alguma praia, sei lá. — Negão desaforado. — acerto a colher de pau na cabeça dele. — Praia é muito clichê e eu não sou muito fã do frio. — Patroa difícil de agradar, viu? Sento ao seu lado e começo a rir. Ele está tão à vontade que até parecemos casados há eras, e eu só sinto que vou desmanchar de felicidade. Nós conversamos um pouco mais sobre a tradução e Heru corrige o inglês, reclamando do quanto sou ruim para escrever. Tal afirmação me ofendeu um pouco, já que escrevo fanfics durante minhas folgas e nem formado nisso ele é. Começo a julgá-lo em silêncio e ele percebeu que tinha me magoado, em seguida pediu desculpas atrapalhadas e disse que ama minha escrita. — Como você imagina Thot de personalidade, Nailah? — Meio parecido com você, mas muito mais apaixonado pelo trabalho. Ele foi um carinha muito ocupado, até ajudar Osíris no submundo ajudou. — acendo meu baseado e deito no sofá enquanto Heru escreve no computador. — Curou o olho de Hórus quando Seth arrancou, depois ensinou magia para Ísis poder reviver o marido, luta contra Apófis quando Amon-Rá traz o sol... Tudo isso e ele ainda fez o calendário e desenvolveu os hieróglifos. — Você tem uma admiração enorme pelos deuses, hum? — A mitologia egípcia é linda, se me permite dizer. Tudo é tão conectado e diferente ao mesmo tempo... A gente não sabe nem um terço do que eles acreditavam e criavam. — E a sacerdotisa? — Não tenho uma imagem dela. — ofereço o cigarro pra ele. — Mas deve ser alguém de personalidade parecida com a de Thot, porque ela pegou o cara pelo colarinho mesmo. Uma pena que não seu nome em lugar nenhum, ia ser muito interessante conhecê-la melhor para entender como funciona esse lance de deuses e amores mortais. — Você viu isso? Sento no colo dele para ler o artigo de um colega nosso, o qual afirmava que Sekhmet e Anúbis tinha um relacionamento secreto. Para mim e meu conhecimento, a afirmação é errada pois eles eram deuses sem sintonia alguma. Ela é a deusa da guerra, tão furiosa que Rá precisou enganá-la com vinho para acalmar seu frenesi sangrento. Já ele parece ser mais pacato e melancólico, servindo fielmente ao propósito do julgamento da pena e à proteção da mumificação. Parecia impossível imaginá-los juntos. Ao terminar de ler, porém, comecei a ter minhas dúvidas sobre o que conhecia até então. — Será que existe algum documento que prova essa teoria? — Antes de Osíris ser quem é, Anúbis tinha o mesmo papel que ele. — Heru contestou ao soprar a fumaça na minha nuca. — Se Sekhmet matou os homens através de sua ira, é bem provável que tenha o encontrado durante a caminhada. — Mas tem uma teoria que diz que Sekhmet é uma face de Hathor e Bastet... Será? — Em Mênfis, ela foi esposa de Ptah e mãe de Nefertun até Mut e sua Tríade tomar lugar e ela passar a considerada como a própria Mut. Nossas informações são bem escassas e temos várias ideias do que pode ou não ser. Cada região tinha seu próprio mito, quem sabe o Richard esteja certo e apenas olhando para outro lugar que não vemos? Deixamos a discussão pra lá quando pegamos fogo levados pela maconha. Quando paro pra pensar nisso, me sinto um pouco culpada por levá-lo ao mau caminho, apesar dele ser bem mais velho que eu. Mas a erva funciona como uma válvula de escape para nós e não é algo que fazemos sempre, resumindo nossas brisas às escavações e trabalho. Pela primeira vez desde que fazemos isso, é que nos preocupamos em elevar a coisa para um nível mais pessoal e físico. Eu namoro o rosto distraído dele e lembro de tratar os arranhões que deixei em suas costas, ouvindo-o dizer coisas em árabe que não fazia nem questão de traduzir. Heru levanta-se num supetão e vira o meu colar, anotando os hieróglifos em um papel improvisado e resmunga ao voltar a deitar. Já sei que tenta entender a oferenda e pronuncia as palavras em sequências variadas, até fazer sentido. Toco em seu lábio para fazê-lo se calar e me aninho em seu abraço. Só hoje, querido, não falemos em trabalho. Roço meu nariz por seu rosto quadrado e reclamo da barba áspera, mas sinto-me protegida por seus braços e mãos sempre geladas. Heru beija a minha testa e desenha com os dedos na minha bunda, me fazendo rir. Ele se lembra de me agradecer pela tradução de novo e mais outras vezes, reforçando o quão honrado se sentiu por me ter como sua assistente, amiga e agora parceira. Confessa que estava a um passo de desistir do texto e eu, novamente, rogo-lhe que não falemos de trabalho. Mas meu amado professor não está contente e me implora para que façamos um artigo sobre Thot e sua amante ao voltarmos de férias.
submitted by lipherus to EscritoresBrasil [link] [comments]


2019.07.06 03:53 rpinheir Eu já vivenciei uma história parecida e vou chutar quem é o "hacker"

Bem pessoal, depois de ler os novos vazamentos me veio algo na cabeça que já vivenciei e vou explicar minha teoria aqui. Me refiro quanto ao trecho em que o DD ensina ao Moro como colocar o Telegram no Desktop.
Bem, eu tenho um primo que eu gosto muito dele, sempre foi disposicao para me ajudar e eu tambem a ele, o considero muito, porem ele é muito putão, toda namorada dele ele as trai, já foi casado, separou, entrou em cada roubada por causa de mulher, eu nem deixo a minha sozinha perto dele porque ele não perdoa nem parente. E somente para que construam o perfil dele na cabeça de vcs ele não tem nem a quarta série, mas o fdp tem uma auto confiança de dar inveja a diretores de grandes empresas.
Então, há uns dois anos atrás esse meu primo estava namorando uma mulher que trabalhava na prefeitura, um dia ele chega triste pra mim e fala: "- Poxa, minha namorada brigou comigo, e pra piorar ela falou a frase certinha que eu tava trocando ideia com uma novinha, neguei até a morte mas não tinha como ela descobrir isso, falei de tarde com a novinha e a noite ela chegou brava quase me batendo e repetiu as mesmas palavras."
Eu achei estranho e indaguei ele durante uns 15 minutos para tentar descobrir, até que ele me solta que ela levou o celular dele para consertar, só q ele trocou a senha depois q voltou. Kkk
Pedi pra ver o zap dele e nas configurações vi o WhatsApp Web conectado a um PC. Como sei q ele odeia computador e nunca iria conseguir configurar no PC comecei a rir na hora. (Ps. Sou sádico mesmo, adoro a ver a desgraça alheia, ainda mais ele todo errado)
Ele não entendeu mesmo eu explicando, tive q mostrar o nome do PC registrado q estava no zap dele com a descrição " Prefeitura Contagem XY" e falar que ela conseguia ler todas as conversas dele.
Gente, na hora q ele viu isso, ele colocou as duas mãos na cabeça e fez uma cara que eu não consigo explicar com palavras, mas eu nunca mais vou esquecer a reação dele. Kkkk
Bem, ele ficou transtornado olhando para o celular, e depois de uns cinco minutos ele vira pra mim e diz: "- O viado, para de rir, e deleta essa mulher daqui, ela tem q parar de ver essa porra toda." Kkk
Enfim, desconectei ela e deu pra ver o alívio na cara dele, porém não teve jeito, um tempo depois ele me disse q terminaram e não quis me falar se foi logo em seguida ela ter lido as mensagens, ele não contou provavelmente porque eu não parava de rir, mas o mais estranho de tudo é que de vez em quando eles transam, mesmo agora ela sabendo q ele tá namorando outra pessoa (q rolo, é difícil acreditar mas é verdade, e espero que ela esteja no Reddit para contar a versão dela em outro post, porque meu primo eu sei q nunca estaria por aqui.) Kkk
Bom, voltando a minha aposta no "hacker", acho que um cara de TI, provavelmente contratado de uma empresa terceira ou até mesmo um estagiário, descobriu essa lambança do Moro, e programou de baixar os arquivos do PC e guardar em algum lugar (por favor pessoas de TI, confirmem ou não se é viável essa operação).
Bom eu contei essa historia toda para q façam uma alusão não ao modo operante de extração dos dados, e sim um comparativo ao perfil dos principais envolvidos nas duas histórias, o Moro uma pessoa do interior sem conhecimentos de informatica, assim como meu primo que também fala errado, é de Terra Roxa-Parana e odeia computadores. E pode passar o tempo que for, a cada nova história que o Intercept solta, eu imagino o Moro com a mão na cabeça fazendo a mesma cara que o meu primo. Kkk
Edit: Instagram não, Telegram
submitted by rpinheir to brasil [link] [comments]


2019.03.14 23:16 docedeabacate AITA por não compartilhar alguns aspectos pessoais com minha família?

Eu sou o cuzão por não compartilhar aspectos da minha vida com a minha família? principalmente com a minha mãe? Vamos ao contexto, atualmente eu (19m) moro só com minha mãe, meus irmãos são todos casados e moram em outras cidades, e todo o contato que ela faz com eles é via telefone, grande parte do dia, e consequentemente, eles sempre perguntam de mim, e ela sempre fala umas coisinhas (só que eu conto pra ela), e fica nisso. O problema é que TUDO pra ela é um "big deal", tudo ela faz tempestade em um copo d'água, por exemplo, a época que eu eu namorava uma menina, eu preferia falar pra ela que eu estava indo ao cinema ou saindo com os meus amigos, do que falar que eu estava saindo com a garota. Pois eu sei que se eu contasse pra ela, todo mundo da minha família, e até conhecidos, iriam ficar sabendo, por isso nem comentei, pois sou reservado, e essa história de compartilhar a vida privada com os outros, principalmente família incomoda. Depois que o namoro ficou um pouco mais sério, e eu contei, e aconteceu o que eu esperava, dava pra escutar do meu quarto, ela falando no telefone : "NOOOOOOOOSSA, SABIA QUE O u/docedeabacate TÁ NAMORANDO??? POIS É MENINA, CÊ ACREDITA??", "sabia, ~nome do meu irmão~, o u/docedeabacate ta namorando, é..., ela é linda, veio aqui em casa e tudo...". Eu sei que ela não faz por mal, ela só tá feliz comigo e quer compartilhar com o outros, mas eu não curto isso, por isso fiquei bastante fechado com ela em relação à minha vida pessoal, AITA?
submitted by docedeabacate to brasil [link] [comments]


2018.02.16 01:56 antoniobrasileiro Sem direção...Fui traído.

Senta que la vai textão: Faz 10 anos que estou casado com minha esposa. Temos um filho de 10, namoramos pouco tempo, ela ainda era virgem, e eu já tinha vivido outros relacionamentos, (temos uma diferença de 7 anos). Quando descobrimos que ela estava gestante resolvi que casaríamos, confesso que logo no início eu apenas gostava dela, mas sabia que ela era uma pessoa boa de coração, eu já estava cansado de badalação, queria encontrar alguém pra compartilhar uma vida. Então conversamos, disse que estava disposto a casar com ela, e ela aceitou. No início foi muito difícil a convivência, pois sou um cara que gosta das coisas certas, às vezes até demais. Ela cresceu vendo sua mãe ser auto suficiente, de maneira que quando pedia pra fazer algo diferente, de outra maneira, ela achava que eu queria mandar nela, botar ordem. Nunca foi minha intenção, eu apenas queria orientá-la para que as coisas não dessem errado. A família dela é bem humilde, isso nunca foi problema pra mim, porém ela acha que minha mãe não queria que casasse com ela, acha que minha mãe sempre fala algo pra tentar machucá-la, e sinceramente tenho certeza que não é isso. Mas enfim, a questão é que vira e mexe acabamos tendo brigas por conta disso, e o mais engraçado é que a briga é por causa da minha família, que ela começa por conta desses achismos, às vezes porque acha que a madrinha do nosso filho (minha irmã) está mimando demais ele, dando muito presente fazendo as vontades. Graças a Deus as brigas que eram por nós mesmos diminuíram bastante. Eu nunca a proibi de nada, mesmo! Eu sempre a deixei fazer e comprar oque ela queria . Temos uma vida confortável, meu trabalho apesar de ser necessário que esteja constantemente viajando remunera bem, com isso ela nunca precisou trabalhar. Mas ela não é dondoca, de só ficar em casa sem fazer nada, ela me ajuda muito cuidando da casa, e agora tomando conta do negócio que montamos (guardando dinheiro) quando estou fora. Depois que nosso filho fez dois anos ela quis fazer faculdade de educação física, eu dei o maior apoio pra ela. Lá no fundo eu sabia que a desgraça viria deste curso, eu nunca disse isso a ela. Enquanto ela estava fazendo o curso eu nunca desconfiei de nada, com exceção de uma vez que ela disse que ia pra faculdade, aconteceu um imprevisto e tive que ir lá pegar ela. O campus da faculdade é bem grande, eu sabia quais eram as salas que ela tinha aula, mesmo assim eu não a encontrei. Liguei várias vezes o telefone só chamou, quando eu já estava voltando pra casa, ela me ligou, disse que estava na parada de ônibus próximo. Perguntei onde ela estava, ela disse que estava no laboratório, e eu realmente não tinha ido lá, já que não sabia onde ficava. Em 2015 sofri muita pressão no meu trabalho, pois minha empresa estava prestes a perder um importante contrato, e além disso tinha conseguido uma vaga muito difícil em curso que me possibilitaria ascender em minha carreira. Como a instabilidade na minha empresa estava crescendo, isso significava que teria que arcar com todas as despesas sem trabalhar durante 6 meses. Pra completar o cenário, a crise veio com força, e começou a surgir histórias de que o curso seria cancelado. Fiquei uma pilha de nervos, pois ficaria desempregado, não faria o curso e sem perspectiva nenhuma de emprego, pois na função que estava não apareciam vagas. Confesso que nem eu estava me suportando às vezes, eu transferi um pouco dessa pressão pra ela. No final de 2015 fui demitido, e no início de 2016 saiu a resposta que eu mais esperava, o curso seria realizado! Fiquei um pouco aliviado, mas a crise se aprofundou na minha área, e as vagas que apareciam para posições superiores também minguaram. O curso seria realizado em uma cidade onde conheci minha primeira namorada, porém, ela já não vivia mais lá, morava em uma cidade no mesmo estado porém a várias horas de distância. Além disso já não gostava dela há muito tempo, eu estava casado e minha ex namorando. Nessa cidade ainda moram muitos amigos meus de faculdade, que não os via fazia tanto tempo. Foi natural que eles me convidassem pra ir assar uma carne e tomar cerveja, sair pra um barzinho, e ir uma vez em um show. De uma vez que sai com meus amigos, passei bastante tempo com eles, meu telefone descarregou. No outro dia ela me ligou dizendo que eu tinha ido me encontrar com a ex. Durante o curso todo ela achou que eu estava fazendo coisa errada...Sinceramente depois do que descobri, queria ter feito. A verdade é que depois que casei com ela, nunca estive com outra mulher, nem mesmo beijei outra mulher. Acho que ela não acredita nisso… Durante o tempo que estava realizando o curso apareceu a oportunidade de montarmos o negócio que estamos tocando. Não tinha como eu tocar a obra de outra cidade, então ela ficou encarregada disso, com meu auxílio pelo telefone. Tivemos muitas brigas por causa das obras, porque muitas vezes ela queria fazer do jeito que ela achava, e muitas vezes errado, sendo que eu explicava tudo pra ela como deveria ser feito pra não ter desperdícios, pra não estourar nosso orçamento e nem atrasar as obras. No final das contas inauguramos nosso empreendimento, e está indo muito bem obrigado. Sempre foi meu sonho poder um dia largar meu trabalho e poder trabalhar perto dela e do meu filho, ter uma vida estável sem precisar me ausentar. A empresa inaugurou em outubro de 2016, atrasou um pouco, mas sem maiores consequências. Nesse meio tempo o curso já havia terminado, e eu estava empregado novamente na posição que o curso me proporcionou. Gente, vocês não têm noção de como eu fiquei mais leve, relaxado, aquele peso todo que sentia estava finalmente saindo das minhas costas. Algumas brigas ainda existem por conta do negócio, mas normal, nada sério, nessa parte sabemos que os assuntos do negócio têm que permanecer lá depois que fechamos as portas no final do dia. O ano de 2017 veio de uma forma muito boa, pelo menos pra mim. Teve uma vez que nos desentendemos feio. Foi ela que começou a puxar assunto sobre minha irmã, aquela mesma história que já falei, ela achar que a madrinha denga muito o sobrinho. Nesse dia senti que ela estava arrumando um pretexto pra arrumar confusão comigo, passou uma duas horas falando, e queria que eu ligasse pra minha irmã pra reclamar sobre o assunto. Não fiz, até porque era ela que estava incomodada com a situação, e além disso o filho não é só meu. Às vezes temos algumas brigas sérias por conta do nosso filho, porque ela muitas vezes espera que eu o corrija...Costumo dizer que ela só quer os momentos bons com ele...Acredito ser verdade, pois muitas vezes quando ele está fazendo mal criação, ela grita de lá: “olha marido oque teu filho tá fazendo”. Caramba, isso me dá nos nervos, quando o filhote faz isso comigo não espero por ela. Eu o corrijo na mesma hora. E ela muitas vezes não faz, ou me chama pra dar bronca. Agora nem vou mais, só faço falar: “Te vira! É teu filho também”. Antes de tudo quero que ele cresça um homem íntegro, respeitador e honesto. Aí veio agosto de 2017, meu mundo veio a baixo. A felicidade que sentia, quando estava em casa com eles, minha esposa e filho, ao vê-los correndo pela casa, quando eu estava brincando com eles na cama de fazer cócegas era muito grande. Eu dizia só pra mim: “Obrigado meu Deus por me dar tanta felicidade”. Se no início eu apenas gostava dela, naquele momento eu a amava demais. Tudo isso acabou! Descobri que ela estava me traindo com um ex professor da faculdade. E pra completar ele mora na rua de trás de casa. No início ela tentou negar tudo, dizendo que era invenção da minha cabeça. Mas eu tinha provas, e contra provas não há argumentos. Ela tentou esconder quem era a pessoa no início, tentou dizer que saiu só aquela vez que descobri...Mas aos poucos, por conta própria, descobri que ela já vinha saindo com o cara desde 2015, lembra da pressão que estava sofrendo? Pois é, e essa história toda de estarmos sofrendo pressão, foi oque ela diz ter causado a traição. Quando estive fazendo o curso, ela saiu várias vezes com ele, e depois me alegou que era porque achava que estava saindo com minha ex. Em maio de 2017 foi a última vez que ela diz ter saído com ele. Aqui eu preciso fazer um parêntese: Mais ou menos em 2013, não lembro bem a data, sério, a ex entrou em contato comigo, ai acabou que fizemos várias chamadas pelo skype, e ficamos nus um para outro. Rolou masturbação, confesso. Mas parou aí. Nunca mais encontrei com ela, e depois disso também não falei mais com ela. Logo depois que aconteceu as chamadas de skype, me arrependi muito, não é uma coisa que sinto orgulho. Mas também até eu descobrir a traição da minha esposa, eu ainda não tinha contado pra ela oque havia ocorrido. Ou seja, teoricamente, ela não teria motivos reais pra me trair, porque ela nem desconfiava. Brigamos muito, xingamos um ao outro. Eu chorei muito, ela também. Ela diz que sempre me amou, nunca deixou de gostar de mim. Que acha que foram coisas que deveria ter feito enquanto era solteira. Estamos juntos, ainda gosto muito dela...Tenho medo de perder minha família… Mas fico muito receoso de quebrar a cara novamente. Às vezes sinto que fui duplamente sacaneado por ela, porque se eu quiser me separar dela, terei que abrir mão também do meu sonho, de trabalhar perto de casa. Não existe um dia que não pense no que ela fez, no que ela pode ter feito com o cara. Me sinto muito humilhado. Estamos junto, mas por enquanto não consigo me ver novamente com ela como antes, os dois velhinhos… Ela toda curvadinha e eu segurando ela pelo braço...Cara é foda! Que vontade de chorar! Sinto meu orgulho ferido...Eu posso não ser o melhor homem do mundo, mas também sei que não merecia isso, sei que a opção de fazer foi totalmente dela, independente das pressões, brigas e dificuldades que tenhamos passado. Eu fiz uma viagem com ela agora para um destino romântico, foi legal...Mas...Depois disso tudo sempre tem o “mas”. Essa semana briguei feio com ela novamente, não estou em casa, estou trabalhando…Sinceramente não sei oque fazer. Já tentamos psicóloga, mas acho que não adiantou muito não. A verdade é que às vezes queria machucá-la, fazê-la sentir oque eu sinto às vezes. Essa semana instalei tinder e esses outros app, queria me sentir valorizado. Às vezes me vejo fazendo e dizendo coisas pra ela só pra ver se ainda gosta de mim. Me sinto ridículo quando percebo. Teve ocasiões em que até pensei em inventar pra ela que estive com a ex. Agora estou pensando em fazer uma viagem sozinho, pra um lugar bem distante quando sair do trabalho. Penso que preciso de um tempo só comigo mesmo. Queria opiniões e maneiras de pensar de pessoas que não façam parte do meu convívio. Por isso postei aqui.
submitted by antoniobrasileiro to desabafos [link] [comments]


2017.12.09 20:07 brotocarioca Aquela pessoa que você nunca esquece

Senta que lá vem textão. Fiz esse perfil fake apenas pra jogar meu desabafo aqui na massa sem o perigo de dar ruim pra mim (assim espero).
Queria saber se é normal e principalmente ouvir se algo do tipo já aconteceu com algum de vocês. Eu tive uma namorada de muitos anos que entre indas e vindas (muitas) já se vão 12 anos. A gente se conhece desde que nasceu, literalmente. Minha mãe e a mãe dela são amigas de colégio, nossa idade difere em meses e morávamos no mesmo prédio. Quando a gente era menor, não íamos muito com a cara um do outro porque nós somos muito diferentes em tudo, principalmente na personalidade, mas sempre levei isso como coisa de muleque e nunca dei muita confiança.
Quando tínhamos 15 anos começamos a namorar com tudo que tinha direito, mas aquele namoro mais sossegado e que mesmo assim durou um pouco mais de 2 anos e foi aí que caí na armadilha de querer curtir a minha vida de solteiro no fim da minha adolescência e início da vida adulta. Vulgo 18 anos. Terminei com ela por causa disso e me arrependi 5 dias depois, óbvio que quando tentei voltar ela já não me quis mais. Personalidade é uma coisa que eu admiro numa mulher. É bom deixar claro que fiz muita "merda" (nada ilegal) durante todas as vezes que fiquei solteiro, principalmente passar o rodo onde não devia. Fazia isso porque era muleque imaturo e bem inconsequente.
Fingi que deixei isso pra lá e fiquei um ano fazendo tudo o que queria até que um dia a gente se reaproximou e voltou a sair. Meses depois ela terminou comigo por causa de uma fofoca que uma amiga em comum nossa fez. Puta treta, ela ficou mais de um ano sem olhar na minha cara. Tudo bem, eu tava errado, mas porra que merda isso.
Pouco tempo depois decidi que eu ia consertar tudo isso e depois de muita insistência consegui. Ela me fez comer o pão que o diabo amassou pra decidir se poderia me dar um voto de confiança, até que namoramos por mais uns 2 anos. E entre vários motivos diferentes (nenhum relacionado a traição, violência ou qualquer coisa pesada) fomos terminando e voltando durante os anos, mas nunca me pareceu mesmo definitivo. Sempre tive certeza que ela era a mulher da minha vida e a gente ia fazer um filho a qualquer momento.
Até que quase dois anos atrás terminamos "de vez" com um motivo mais sério porque eu não achava que tava na hora de noivar ou coisa do tipo, ela queria e então a gente terminou. Nunca me vi casado, apesar de já não ver atrativo na vida de solteiro (já to com 27 anos). A ideia de dividir o espaço o tempo todo que era mais aterrorizante, continuava gostando dela do mesmo jeito e querendo ficar com ela do mesmo jeito, mas assim não tinha como. Nunca soube explicar isso e até hoje fico pensando porque fiz isso. Já fui ao médico procurando saber se sou bipolar e pior que não.
Então resolvi comprar um ap e me mudar. Saí do bairro, na época troquei de emprego e então teoricamente não tínhamos qualquer vínculo na rotina para me aproximar dela. Não adiantou de nada. Tentamos todas as coisas que sabíamos que não ia dar certo: ser amigos, mas nunca dava certo porque não somos só amigos e nunca vamos ser. Fuck buddy: que nunca deu certo porque tem muita história envolvida e sempre gerava dr e alguém acabava prejudicado. Conviver socialmente se tornou insuportável porque como crescemos juntos, nosso ciclo social é muito próximo. Meus melhores amigos, meus primos e até minha mãe são muito próximos dela então comecei a me afastar de todo mundo (amigos). Imagina como é ir num bar com a tua ex e ver os caras chegando nela, ainda mais que ela é mo gata. Não posso reclamar, mas também não sou obrigado a ver.
Não sigo em redes sociais, não tenho o telefone dela mais. Apesar de saber onde encontrar, evito ao máximo passar em qualquer lugar que ela possa estar porque sei que vou ficar mexido e vou acabar estragando meu relacionamento atual. Nem confio em mim quanto a isso.
To namorando outra garota há um ano e teoricamente tá tudo bem. Sempre tá tudo bem, na teoria ela é perfeita mas não é a outra. Nunca consegui explicar, não sei dizer o porquê mas não tem um dia que eu não pense na outra, mesmo sem ver ela há mais de um ano. Tudo que a mulher faz me atrai, o jeito que ela fala, o cheiro da pele, o cheiro do cabelo, os detalhes dela em geral. Nunca encontrei uma mulher igual. Parece feitiço, a mulher tem um poder absurdo sobre mim sem precisar fazer nada e olha que sempre fui bicho solto. Nunca dá certo e mesmo assim eu sempre quero arriscar de novo. Acho que isso não seja normal, mas não sei o que fazer. Sinto bastante culpa por estar namorado outra mulher e isso ainda passar na minha cabeça. Ir lá e tentar estragar a vida dela também nem tenho coragem.
tl;dr: terminei com a minha ex há dois anos e nunca consegui esquecer. Não sei como ela faz isso. Acho que nunca vai passar.
submitted by brotocarioca to brasil [link] [comments]


NAMORANDO COM UMA, GOSTANDO DE OUTRA! Casado, namorando, solteiro (Wesley Safadão) - Gabriel Batera - Drum Cover Atitude 67, Tierry - Casado, Namorando, Solteiro - YouTube TÔ NAMORANDO!!! - YouTube Mulher tem relação com outra mulher, casada, e acaba tendo ... Wesley Safadão - Casado, Namorando, Solteiro [DVD WS In ... Coloquei uma Câmera Escondida e Peguei Minha Esposa No ... NAMORANDO X CASADO  UTK MEU EX ESTÁ EM OUTRO RELACIONAMENTO, COMO ... - YouTube CASAL NAMORANDO

Sinais de que um homem casado está se apaixonando por ...

  1. NAMORANDO COM UMA, GOSTANDO DE OUTRA!
  2. Casado, namorando, solteiro (Wesley Safadão) - Gabriel Batera - Drum Cover
  3. Atitude 67, Tierry - Casado, Namorando, Solteiro - YouTube
  4. TÔ NAMORANDO!!! - YouTube
  5. Mulher tem relação com outra mulher, casada, e acaba tendo ...
  6. Wesley Safadão - Casado, Namorando, Solteiro [DVD WS In ...
  7. Coloquei uma Câmera Escondida e Peguei Minha Esposa No ...
  8. NAMORANDO X CASADO UTK
  9. MEU EX ESTÁ EM OUTRO RELACIONAMENTO, COMO ... - YouTube
  10. CASAL NAMORANDO

Casal namorando, ou pelo menos, querendo!! Source videos View attributions; Suggested by SME Pearl Jam - Jeremy (uncensored version) 📍Quer ter sucesso na reconquista amorosa e ter de volta o amor da sua vida? CLIQUE AQUI ️: http://reconquisteoamor.com/quero-ajuda/ COMO RECONQUISTAR PELO W... Esse clipe faz parte do DVD ' WS In Miami Beach'. Para comprar ou baixar esse álbum, clique no link: https://SomLivre.lnk.to/WSinMiamiBeach Ouça a playlist '... Clique aqui e ouça: https://umusicbrazil.lnk.to/CasadoNamorandoSolteiroYD SIGA ATITUDE 67: https://www.facebook.com/Atitude67 https://www.instagram.com/atitu... Quando você pede pra sua mulher um favor Namorando X Casado. Se gostar não esquece de deixar seu like & compartilhar! • INSCREVA-SE - https://goo.gl/ApFzCx #UatafukeGang -----SIGAM A GENTE ... INGRESSOS PRA FLOP PARTY BRASÍLIA: https://www.sympla.com.br/flop-party---brasilia-0806-megamundo__268248 INGRESSOS PRA FLOP PARTY SÃO PAULO: https://www.sym... Coloquei uma Câmera Escondida e Peguei Minha Esposa No Flagra Canal oficial do Cidade Alerta, programa jornalístico da Record que vai ao ar de segunda à sexta. This video is unavailable. Watch Queue Queue o que fazer se você estiver namorando e começar a gostar de outra pessoa? ... Homem casado pode realmente se apaixonar por outra? - Duration: 6:03. Diego muda vidas 202,408 views.